Promoções

'Demo Brasil – Edição NE' premiou projetos alagoanos destinados a engenheiros civis, comerciantes e consumidores de moda

Entre os vencedores locais, projetos destinados a engenheiros civis, comerciantes e consumidores de moda e beleza

27 de Julho de 2018, 13:36

A agência de notícias do governo do Estado divulgou o resultado do encontro de empreendedores e investidores, o “Demo Brasil – Edição Nordeste”, que aconteceu na terça e quarta-feira (29 e 30), em Maceió, reunindo pequenas e novas empresas com projetos inovadores de tecnologia (as startups) de toda a região. De acordo com o site da agência Alagoas, dez projetos (ou pitchies) alagoanos foram selecionados entre um total de 25 apresentados. As empresas Stant, Kloset e Piggo foram avaliadas como as que detêm maior potencial de crescimento. O primeiro prêmio foi para o dispositivo pernambucano “OAB de Bolso”, na categoria “educação”. O aplicativo oferece material de estudo completo para estudantes de Direito que vão fazer o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (a OAB). Todas essas empresas disputarão a fase nacional do “Demo Brasil”, em junho, no Rio de Janeiro.

A startup Stant, de engenharia civil, ficou entre as cinco primeiras colocadas com um projeto de plataforma mobile, que permite que engenheiros e gestores de construtoras gerenciem e acompanhem, via celulares, todo processo de realização da obra. “Já o aplicativo ‘Kloset’, classificado em sétimo lugar, é voltado para o setor de varejo e tem como base o consumo feminino voltado para o mercado de moda e beleza”, informa a agência Alagoas. O aplicativo dá acesso a informações sobre produtos e serviços, preços promocionais e liquidações que estiverem ocorrendo na cidade ou em localidades próximas.

Outra vencedora alagoana foi a Piggo, classificada em oitavo lugar com um pitchie direcionado ao mercado financeiro. “Trata-se de um sistema de pagamento móvel, especializado em micro pagamentos, que visa funcionar como um sistema de troco eletrônico, uma alternativa à falta de troco para os comerciantes”, diz o informativo do governo, explicando que o aplicativo funciona como uma espécie de porta-níquel digital. A utilização do sistema permite aos comerciantes acumularem o troco, de forma a poderem reutilizá-lo para recarga de celular, para doação e também para transferi-lo a outro usuário – além de poderem realizar pagamentos nos estabelecimentos que utilizem o sistema. 

As outras empresas alagoanas classificadas no encontro “Demo Brasil – Edição Nordeste” são as seguintes: Dante (de publicidade e mídia), Doe Alagoas (cidades inteligentes), Dois V (educação), Hemo (saúde), Eng (educação), Miraklon (serviços) e MyTv (publicidade e mídia).

Os prêmios

O aplicativo “OAB de Bolso” foi premiado com o “Programa de Aceleração” da empresa 85Labs, de Fortaleza. O curso, realizado na capital cearense, terá duração de 90 a 180 dias, “com opção de aporte de capital de R$ 30 mil”, informa a agência Alagoas. Os outros pitchies premiados, segundo informou o governo, terão participação gratuita na próxima edição do evento, com estande de exposição e apresentação no palco para disputar a final do “Demo Brasil 2014”, nos dias 3 e 4 de junho, no Rio de Janeiro.

A etapa Nordeste do “Demo Brasil” – cuja matriz está localizada na região do Vale do Silício, no Estado da Califórnia, nos Estados Unidos – foi patrocinada pelo governo de Alagoas e pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (o Sebrae).