Promoções

Já começaram os preparativos para o Prêmio Braskem de Jornalismo, que em 2014 aumentará o valor da premiação

Prêmio Braskem de Jornalismo completa 25 anos, comemorando 'bodas de prata' em 2014

27 de Julho de 2018, 13:36

 
O Sindicato dos Jornalistas (Sindijornal) e a indústria de petroquímica Braskem arregaçam as mangas e dão início aos preparativos para a realização do Prêmio Braskem de Jornalismo 2014. De acordo com o sindicato, trata-se de uma “edição histórica”, cumprindo uma trajetória de 25 anos. O lançamento do evento em Maceió ocorrerá no dia 19 de agosto, reunindo imprensa, patrocinadores e a comissão organizadora num café da manhã, às 8h30, no restaurante Bodega do Sertão, no bairro de Jatiúca. A festa de premiação está marcada para o dia 8 de novembro, na casa de eventos Music, no Stela Maris.
 
“Além de uma solenidade que marcará as bodas de prata do prêmio, outra novidade este ano é o aumento nos valores da premiação. Cada categoria, no total de 13, foi reajustada entre 20% e 50%. Os vencedores vão dividir um total de R$ 46 mil e 500, sendo que o prêmio principal passou de R$ 7 mil para R$ 8 mil”, informa o Sindijornal.
 
As inscrições de matérias de jornal, TV, rádio e internet começam no dia 19 de agosto, estendendo-se até 29 de setembro. Os concorrentes deverão se inscrever no site premiobraskem.sindjornal.org.br.
 
O Sindijornal informa, ainda, que fez o convite a oito empresas para produzir a solenidade de premiação na Music. “Os envelopes com proposta devem ser entregues no sindicato até o dia 8 de agosto, para posterior avaliação dos realizadores do prêmio”, explica a diretoria do sindicato, informando que o Prêmio Braskem de Jornalismo foi criado em 1989, ainda quando a empresa de petroquímica se chamava Salgema Indústrias Químicas. “É considerado o ‘Oscar’ do jornalismo alagoano”, dizem os organizadores do concurso. “Na edição do ano passado participaram mais de 80 profissionais e 30 estudantes de jornalismo, com 228 trabalhos inscritos. A expectativa é de que na edição dos 25 anos haja uma participação ainda maior”, afirmam.

O prêmio se divide em dez categorias: “Reportagem de TV”, “Reportagem Impressa”, “Fotografia”, “Diagramação”, “Webjornalismo”, “Informação Esportiva”, “Informação Econômica/ Política”, “Informação Cultural/ Turística”, “Radiojornalismo” e “Assessoria de Imprensa”. Estudantes de jornalismo concorrem na categoria especial “Freitas Neto”.