Promoções

Alagoas Boreal faz promoção cultural e entrega brindes a estudantes de Maceió

Ação cultural foi divulgada no Facebook; ganhadores levaram pares de ingressos para assistir ao filme 'O Doador de Memórias'

27 de Julho de 2018, 13:36

O Alagoas Boreal realizou entre os dias 21 e 26 uma ação promocional no Facebook envolvendo o longa-metragem "O Doador de Memórias". Com o intuito de premiar os donos das três respostas mais criativas com um par de ingressos para assistir ao filme nos cinemas, lançamos aos internautas a questão: "Por que você gostaria de assistir ao filme?"

A entrega dos prêmios aconteceu em Maceió, no sábado (27), no restaurante Bodega do Sertão (avenida Doutor Júlio Marques Luz, 62, Jatiúca). 

O estudante Silvio Tenório, de 17 anos, respondeu à questão com uma poesia de nove estrofes. Nos versos, ele fez alusão à premissa de “O Doador de Memórias”, na qual as pessoas não possuem lembranças do passado e tampouco conhece as cores ou o pôr do sol. "O que seria de mim, sem saber dos sorrisos, dos corpos em frio, do tal calor", destacou na terceira estrofe.

Morador do bairro de Ponta Grossa, Tenório foi o primeiro a chegar ao restaurante para receber o prêmio. Apesar de não ter lido o livro, diz que deseja fazer isso desde o mais recente “Encontro de Leitores”, realizado também Maceió, no começo de setembro, na livraria Leitura. Um dos temas principais do encontro foi justamente “O Doador de Memórias”. "Eu adorei o conceito da história, você consegue imaginar alguém carregando o peso da sociedade nas costas? Estou curioso para ver isso." 

Brindes para os vencedores; ingressos, cartela de adesivos e primeiro capítulo do livro

Cultivando o hábito de escrever, Tenório conta que se inspirou em amigos que também compartilham dessa paixão. "Comecei a escrever na internet, em fóruns de RPG narrativo", contou o estudante. 

O primeiro contato do rapaz com os livros foi com as obras de Clarice Lispector e Stephen King. Cinéfilo de carteirinha, ele disse estar feliz por ter ganhado o concurso cultural. "Fiz aniversário há sete dias. É mais um presente que ganho."

Autor de resposta inusitada, o estudante Victor Machado, de 18 anos, também fez alusão à premissa do filme. Em um primeiro momento ele afirmou que havia esquecido o que iria responder, para logo em seguida dar algumas explicações. "Eu falei que esqueci, ou seja, falta-me a memória, então preciso que me doem alguma memória. Olha aí a relação."

Questionado sobre o real interesse em assistir ao filme, ele foi categórico. "O fato de Meryl Streep estar no elenco já é um motivo forte o bastante para mim", afirmou, referindo-se à atriz que é recordista de indicações ao Oscar. Na trama, Meryl interpreta a vilã Chief Elder. Machado ainda contou que não chegou a assistir sequer ao trailer do filme. "Quero que a experiência seja uma surpresa total de sensações. Pretendo ler o livro depois de assistir ao filme."

A terceira premiada, Jassielle Angelo, destacou o caráter distópico de “O Doador de Memórias”. "Quem não gostaria de assistir a um filme onde as pessoas vivem em um mundo perfeito, e não há mais guerras, racismo, tristezas ou doenças?" 

Infelizmente Jassielle não compareceu ao Bodega do Sertão para a retirada do prêmio.

Adaptado da obra literária "O Doador" (The Giver), de Lois Lowry, o longa-metragem "O Doador de Memórias" é dirigido pelo australiano Philip Noyce ("Salt"), tendo estreado nos cinemas no dia 11 de setembro.  O concurso cultural foi promovido em parceria com os sites literários Oh My Dog estol com Bigods e Irreparável, com a página do Facebook “Sagas Literárias” e com a distribuidora Paris Filmes.