Lugares

Pesquisa demonstra aumento de 20% no número de leitos ofertados em Maragogi

Segundo polo turístico do Estado, a cidade do litoral Norte é cada vez mais procurada; prefeitura atribui o aumento de hospedagem a obras estruturantes e a ações em feiras e divulgação na imprensa

27 de Julho de 2018, 13:38

MARAGOGI – A prefeitura apresentou, no início do mês, levantamento atualizado da oferta de hospedagem do destino Maragogi, que, depois da capital, é o polo turístico mais importante do Estado. Um trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Turismo contabilizou os leitos em toda a cidade e o resultado, de acordo com a Comunicação da prefeitura, “é animador”.

O levantamento demonstra que o município, distante 125 km de Maceió, em 2013 detinha a contagem de quatro mil leitos ofertados em hotéis e pousadas, teve acréscimo de aproximadamente 20%. Os dados, concluídos em maio deste ano, totalizam uma disponibilidade de cinco mil leitos.

A secretária Mariana Gorenstein considerou os números “animadores”. "O aumento significativo da oferta de hospedagem do nosso destino mostra que Maragogi se tornou um lugar de oportunidades, onde o turismo já é a principal atividade econômica.”

Secretária Mariana Gorenstein: 'Ações de promoção, como feiras de turismo, têm impacto direto no aumento da procura pela cidade'

Para a secretária, ações de promoção como feiras de turismo e divulgação dos atrativos de Maragogi na imprensa e nas redes sociais “têm impacto direto” no aumento da procura pela cidade. Um dos atrativos consolidados é o Festival da Lagosta, que acontece anualmente no segundo semestre. "O festival divulga o nome do município e seus atrativos, que vão além da gastronomia."

O prefeito Henrique Madeira confirmou que a gestão municipal buscou “fortalecer esse importante setor econômico”. “Por isso, investimos em obras que valorizam a cidade e atraem novos estabelecimentos. O asfalto na cidade e a nova iluminação que a orla ganhará são obras estruturantes e muito importantes para uma cidade turística como a nossa."