Promoções

Professor André Luís Nascimento busca aproximar universidade do 'interesse internacional', visando a pesquisa científica

Pesquisador André Luís Nascimento, do campus da Ufal em Arapiraca, quer expandir as fronteiras intelectuais e científicas

27 de Julho de 2018, 13:39

O professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), campus Arapiraca, André Luís Nascimento, analisa a viabilidade de realizar um estudo que venha a explorar as vocações de estudantes e empreendedores da região metropolitana de Maceió e do Agreste interessados na cultura científica. A proposta, segundo a Comunicação da universidade, visa atividades de interesse internacional, entendendo o papel estratégico da cidade como propulsora na fabricação de bens de consumo.

Afirmando que Arapiraca “é pontuada pela atuação de empresas originadas fora do Estado e até mesmo fora do país”, a Ufal identifica “um movimento localizado nos processos de expansão e interiorização das universidades federais no Brasil”.

Ratificando uma “vontade de desenvolver o campo do internacional na Ufal”, o professor Nascimento diz que ele “e um grupo de jovens professores” do qual faz parte, estão interessados em ampliar “o alcance do debate acerca da administração pública", em que “o internacional seria uma fronteira intelectual a se transcender".

A ideia cresceu e virou projeto de pesquisa em parceria com a professora Andrea Kanikadan – atesta a universidade, informando que a proposta foi submetida, em 2013, ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). “A pesquisa foi aprovada, porém sem aporte de recursos. A equipe passou então a contar com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), que já visualizava potencial qualitativo no estudo e atualmente financia o segundo ano das bolsas de iniciação científica”.