Agenda A-Z

'O Beijo no Asfalto' em versão musical estreia no fim do mês

Produção baseada peça de Nelson Rodrigues duas vezes adaptada para o cinema será apresentada no dia 30, quinta-feira, no teatro Gustavo Leite; ingressos à venda

20 de Agosto de 2018, 11:16

Da Redação

Primeira versão musical da clássica peça teatral de Nelson Rodrigues “O Beijo no Asfalto” (duas vezes adaptada para o cinema, em 1981, com direção de Bruno Barreto, e a produção do ano passado dirigida por Murilo Benício a ser lançada em novembro) estreia em Maceió, no palco do teatro Gustavo Leite (rua Celso Piatti, s/n, bairro central do Jaraguá), na próxima semana, dia 30 (quinta-feira), no horário das 20h. O musical dirigido por João Fonseca, com patrocínio da Petrobras, traz canções de Cláudio Lins, também protagonista da peça ao lado da atriz Laila Garin.

“Ao completar 55 anos, o texto de Nelson Rodrigues volta aos palcos, com uma primeira temporada em outubro de 2015 no Teatro Sesc Ginástico, no Rio de Janeiro, curiosamente onde o texto foi apresentado pela primeira vez nos palcos, em 1961”, destaca o informativo enviado à Redação. “Para criar as canções, o ator e compositor Claudio Lins mergulhou durante quatro anos em uma extensa pesquisa sobre a sonoridade musical dos anos 1960, período em que se passa a trama. As novas músicas, aliás, serão intercaladas com trechos de algumas canções de época, cujas sonoridades ou temas são semelhantes.”

De acordo com a produção, a ideia de transformar “O Beijo no Asfalto” numa peça musical surgiu durante a temporada de “Gota d’Água”, o musical de Chico Buarque baseado no clássico grego “Medeia”, dirigido pelo mesmo João Fonseca em 2009, com a presença de Cláudio Lins no elenco. “Eu tinha visto a montagem de 'O Casamento', também do Nelson [Rodrigues], dirigida pelo João, e comentei com ele que, como ator, tinha o sonho de montar um espetáculo do Nelson”, conta Cláudio Lins. “Daí João  Fonseca sugeriu fazermos um musical. Minha primeira reação foi de dúvida, mas, depois de algumas conversas, eu já estava levantando a produção.” 

O musical traz canções de Cláudio Lins, que também protagoniza o espetáculo

João Fonseca, que já montou quatro peças de Nelson Rodrigues (“ele é o meu favorito”), afirma que a montagem de "O Beijo" traz “uma nova luz, uma cara nova ao texto”.

A trama – que se passa no Rio de Janeiro – começa numa tarde da década de 1960, quando um homem na calçada perde o equilíbrio e cai na frente de uma lotação, que o atira longe. “A primeira pessoa a socorrê-lo”, informa o press-release da produção, “é Arandir. Ao se debruçar sobre o moribundo, este pede um último desejo: um beijo. Arandir o beija. E logo depois o rapaz morre. O episódio é presenciado por Aprígio, sogro de Arandir e pelo jornalista Amado Ribeiro. O astuto repórter policial do jornal Última Hora vislumbra no acontecimento a possibilidade de estampar na primeira página do dia seguinte uma história de manchete bombástica: O beijo no asfalto.”

“É uma peça muito marcante, já foi muito vista, por isso precisa de um diferencial”, explica Fonseca, lembrando tratar-se de “um clássico”. “Mas agora vamos contar a história de uma outra forma, subverter. E isso não é estranho, porque o Nelson tem uma musicalidade muito marcante, que é específica dele. Vamos pegar um texto que já é muito bom, que é redondo, e acrescentar, criar uma nova versão. Acho muito bom estar fazendo algo assim bem pessoal, marcante. Nelson Rodrigues é exagerado, mas é, também, engraçado – não deve ser feito como uma novela das nove.”.

Os ingressos, a R$ 25 e R$ 12,50, estão à venda nas duas lojas da livraria Leitura, nos shoppings Maceió e Parque, e na Aimê Acessórios à rua Engenheiro Mário de Gusmão, 507, bairro da Ponta Verde. Também podem ser adquiridos no site aqui.