Cultura

Cena Livre homenageia as crianças com 'O Último Mutum-de-Alagoas'

Peça aborda a saga do pássaro que ficou 30 anos desaparecido das matas alagoanas; montagem em cartaz nesta terça-feira (9), às 14h30, tem entrada franca para a meninada do 'Projeto Escola'

09 de Outubro de 2018, 09:55

Jorge Barboza/ Editor

Na semana de homenagens às crianças (o “dia” delas é sexta-feira, 12), o grupo Cena Livre apresenta nesta terça-feira (9), às 14h30, a peça infanto-juvenil “O Último Mutum-de-Alagoas”. A produção original de Ana Sofia Oliveira, com direção de Mauro Braga, será encenada no palco do Teatro Deodoro à rua Barão de Maceió, 375, centro da capital.

A peça, que estreou em 2016, integra o repertório da companhia teatral voltado para o público mirim. Será reapresentada nesta terça-feira dentro do “Projeto Escola” da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (a Diteal).

Companhia foi criada pelo ator e diretor Mauro Braga (abraçado ao pierrô) nos anos 1980

Além de “O Último Mutum”, outros espetáculos ambientalistas e progressistas (seguindo uma orientação do grupo – fundado no início da década de 1980 –, que desde o nome indica preocupação com as liberdades existenciais e democráticas), compõem o arsenal de montagens que o casal Mauro Brasga-Ana Sofia Oliveira dedica ao público de crianças e adolescentes. “Ararinha, o Anjo Azul” e “O Meu Saci Pererê”, entre elas.

“O Último Mutum-de-Alagoas” corrobora com a causa ambiental ao abordar a saga do pássaro mutum-de-alagoas, que ficou 30 anos sem apresentar registro de sua existência. Foi reintroduzido à fauna do nosso Estado no ano passado.