Especial

'Bar em Bar' repete a fórmula de petiscos inovadores para acompanhar a cerveja

Festival promovido pela Abrasel começou nessa quinta-feira (8), com participação de 23 bares e restaurantes de Maceió, Marechal Deodoro, Roteiro e Paripueira

09 de Novembro de 2018, 15:40

Jorge Barboza/ Editor

Começou nessa quinta-feira (8), em Maceió e noutras tantas capitais brasileiras, um dos eventos mais deliciosos do país – especialmente em Alagoas, onde geralmente você sai da mesa satisfeito e feliz. Não é diferente nessa oitava edição do rodízio gastronômico “Bar em Bar”, promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (a Abrasel). Além do nosso “paraíso das águas” maceioense, outros municípios litorâneos – Marechal Deodoro, Paripueira e Roteiro – participam, totalizando 23 bares e restaurantes alagoanos.

Como o nome sugere, o “Bar em Bar” valoriza a comida de boteco servida não apenas nos bares, mas, também, nos restaurantes marcados pela vida boêmia. “A ideia é valorizar a gastronomia destes bares e restaurantes com a premissa que cada estabelecimento participante prepare um petisco especial a ser vendido durante esse período no valor de R$ 25”, destaca o informativo da Abrasel enviado à Redação.

Gabriel Costa e Anderson Batista, da Casa de Lampião: pegada regional

A reportagem do Alagoas Boreal foi conferir a abertura no estacionamento do shopping Maceió à avenida Comendador Gustavo Paiva, 2.990, bairro de Mangabeiras. Até 25 de novembro, o rodízio acontece nos bares e restaurantes associados que toparam preparar uma nova receita de petisco. Até o domingo (11), uma feirinha com barracas e música ao vivo foi montada no estacionamento do shopping, apresentando porções menores dos petiscos que estão sendo vendidos, a R$ 25, nos bares e restaurantes.

Fava, quiabo, carne de sol e torresmo: tudo que nordestino gosta

Na feira, o pratinho fica por R$ 15. Embora sejam porções menores, a maior parte delas são bastante generosas, como a do restaurante Casa de Lampião, que fica em Maceió à avenida Doutor Júlio Marques, 229, Jatiúca e cujo petisco é uma mistura de carne de sol desfiada, com abobrinha, fava verde, quiabo e farofa de milho. Delícia. “Começamos como pizzaria há quatro anos, mas, desde o ano passado, passamos a investir numa pegada mais regional”, informa o chef Gabriel Costa. O proprietário Anderson Batista explica que a intenção “é mesmo divulgar a nossa cultura com um almoço bem nordestino, com buxada, sarapatel... Temos, também, um público de turistas e esse cardápio tem agradado bastante.”

Antônio José prepara o surpreendente (e generoso) petisco do restaurante Bicho do Mar

O restaurante Divina Gula (avenida Engenheiro Paulo Brandão Nogueira, 85, Jatiúca) repete a fórmula todo-mundo-curte-um-cachorro-quente, apresentando o sanduba que Vítor Generoso (filho de André Generoso, o chef veterano da casa) levou este ano para uma competição de chefs no programa de TV “Mais Você”. Perfeito. Linguiça caseira de pernil e uma surpreendente maionese de mostarda.

Feira no estacionamento do shopping: ambiente agradável com música ao vivo

Bem, não dava para experimentar tudo, mas pudemos apreciar o chef Antônio José preparando a ótima proposta do Bicho do Mar, outro restaurante desse bairro boêmio que é a Jatiúca. O Bicho do Mar, uma casa que promove shows de bandas bem legais aqui em Maceió, localizado na avenida Doutor Antônio Gomes de Barros, 234, Jatiúca, vem com uma receita originalíssima, disposta numa cumbuca feita de massa de pizza recheada com frutos do mar (peixe, camarão e siri), acompanhada, ainda, de torradinhas com manteiga. Pareceu bom.

A feira funciona no horário de 17h às 22h, com barraquinhas de bebidas, incluindo a cerveja artesanal Hop Bros. Mais informações sobre os pratos e os estabelecimentos participantes aqui.