Especial

Festival Quilombola apresenta peças do celeiro da cerâmica alagoana, Capela

João Carlos, filho do mestre João das Alagoas, expõe trabalhos em argila produzidos por ele e outros artesãos do município da Zona da Mata

30 de Novembro de 2018, 16:51

Jorge Barboza/ Editor

O escultor em cerâmica João Carlos expõe no Festival Quilombola que acontece no shopping Parque à avenida Comendador Gustavo Paiva, 5.945, bairro de Cruz das Almas, litoral norte da capital. Dominando com perfeição a arte popular que herdou do pai famoso, o escultor João das Alagoas – que recriou os notáveis bumbas-meus-bois nordestinos, moldados em argila e em grandes dimensões como o que se vê na região portuária de Maceió, no Jaraguá.

Nessa quinta-feira (29), na abertura do festival promovido pelo governo do Estado, com apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (a Abrasel) e do shopping Parque, João Carlos contou à reportagem que abrirá loja, fábrica e ateliê na capital, no histórico e central bairro do Jaraguá.

João Carlos prepara ateliê e fábrica no Jaraguá: 'Quero abrir no começo de 2019'

“Será naquela casa onde o artista Aquiles [Aquiles Escobar] manteve um ateliê por muito tempo. Achei o espaço ideal para montar o meu ambiente. Ali poderei trabalhar com alunos e manter um acervo para apresentar ao público”, diz Carlos, avisando que, também, construirá um forno para a queima das peças esculpidas em argila. “Sempre que dou o curso em Maceió, levo meus alunos para conhecer a associação [dos ceramistas] na Capela e usar o nosso forno lá. Continuarei levando-os à cidade para ver o pessoal trabalhando e conhecer a produção artesanal capelense, mas o forno aqui vai ajudar muito nos trabalhos.”

O Festival Quilombola abre às 17h, no estacionamento do shopping, e fica até as 22h. Entrada franca e muitas atrações da cultura afro-brasileira até o domingo (2). Participam 14 restaurantes da capital, com barracas de comidinhas inspiradas na cozinha quilombola.