Especial

Trecho da orla onde foram avistados tubarões continua aberto para o banho

Para o instituto, esse tipo de ação dos grandes animais marinhos é comum

04 de Janeiro de 2019, 12:08

Da Redação

Depois do susto causado pela presença de dois tubarões nadando na praia da Jatiúca, na noite de quarta-feira (2), na capital, o gerenciamento costeiro do Instituto do Meio Ambiente (o IMA) divulga nota no site da Agência Alagoas avisando que o trecho da orla em que os animais, de espécie não identificada, foram avistados por turistas e moradores da região continua aberto para banhistas. Segundo o noticiário oficial, após a recomendação feita para que se evitasse o mergulho naquelas águas, ainda na noite de quarta-feira, iniciou-se o monitoramento de toda área, sem que, até o momento, fosse apresentada qualquer “anormalidade”.

“A ocorrência é considerada esporádica”, informa o site, afirmando que cardumes de peixes foram “atraídos pela iluminação artificial existente no local”. De acordo com a reportagem, “a presença desses peixes” é que atraíram os tubarões “a se aproximarem da costa”.

“Uma evidência da constante presença de cardumes na área é a pesca de arrasto que ainda existe no local”, garante a agência do governo.

Em imagens gravadas por moradores e turistas, divulgadas pela imprensa na quarta-feira, vê-se as barbatanas, nadadeiras e os olhos dos mamíferos saindo da água. A presença dos dois peixões foi confirmada pelo Instituto Biota de Conservação. Embora afirme que tubarões na praia seja comum, o instituto jamais havia sido acionado por esse motivo.