Especial

Governador se compromete a 'buscar soluções' para os problemas que afligem o bairro do Pinheiro

Em solenidade no Corpo de Bombeiros nessa terça-feira (15), Renan Filho disse que apresentará 'Plano de Contingência' que imporá 'obrigações' à prefeitura de Maceió e ao governo federal

16 de Janeiro de 2019, 09:38

Da Redação

Na capital, Renan Filho defendeu “uma análise mais aprofundada” sobre o bairro do Pinheiro. O pronunciamento ocorreu nessa terça-feira (15), quando participou da solenidade de troca de comando do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas. Afirmando que “é preciso buscar soluções para o bairro” – cuja segurança está sendo ameaçada por rachaduras e tremores que podem ser constatados no asfalto, em residências e casas comerciais –, disse que traria para Maceió "os mais capacitados técnicos do mundo”. “As pessoas estão preocupadas com seus imóveis, com o futuro. E a gente precisa buscar uma solução para o bairro", declarou o governador ao site da agência oficial de notícias do Estado.

Técnicos do Serviço Geológico estiveram no bairro/ Foto/ Divulgação

Apontando para um “Plano de Contingência” – que será apresentado a autoridades e moradores do Pinheiro na sexta-feira (18) –, o governador disse que “uma matriz de responsabilidade” imporá “obrigações” à prefeitura de Maceió e aos governos estadual e federal – “incluindo o Exército Brasileiro”. “Vamos apresentar”, declarou, “o que a gente considera ideal para o caso de alguma necessidade de agir de maneira rápida. É para isso que serve o 'Plano de Contingência'."

Renan Filho não fez referência à indústria petroquímica Braskem, extratora do minério sal-gema na região. Questionada pelo Serviço Geológico do Brasil, a multinacional declarou na segunda-feira (15) que as atividades de mineração que realiza próximas à região da Lagoa do Mundaú – com grande concentração de pontos de extração no subsolo – não tem qualquer responsabilidade sobre o fenômeno que ocorre no bairro.

Segundo a Agência Alagoas, a Defesa Civil Estadual apresentará o “Plano de Contingência” na sexta-feira, às 9h, no Salão Aqualtune do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió.