Turismo em Pauta

Voo da Azul na rota Recife-Paulo Afonso poderá incrementar o turismo em Piranhas

Município é rota de turismo na região do Sertão; a cidade fundada no século 19 ficou conhecida depois que apareceu no filme de Cacá Diegues 'Bye Bye Brasil'

18 de Março de 2019, 09:13


Ivaldo Pinto é jornalista

O voo da Azul Linhas Aéreas na rota Recife-Paulo Afonso, com conexão em Maceió, entrará em operação em 2 de maio e vai facilitar a ida de alagoanos e turistas a Piranhas, polo turístico em ascensão do sertão alagoano. O voo será às segundas e sextas-feiras (ida e volta), e a aeronave utilizada, um turboélice ATR 72-600, com 70 assentos. Piranhas está distante 107,5 km de Paulo Afonso, na Bahia.

Localizada na região do Cânion do Rio São Francisco, Piranhas é uma das mais antigas cidades de Alagoas e encanta os visitantes pelo estilo barroco de suas casas coloridas, pelo majestoso São Francisco e, também, pela hospitalidade dos moradores.

Fundada no século 19, a cidade ficou conhecida em nível nacional através do filme “Bye Bye Brasil”, do cineasta alagoano Cacá Diegues, na década de 1970. De lá para cá já serviu de cenário para outros filmes nacionais, novelas e séries da TV Globo.

Cidade-lapinha, como é chamada, Piranhas é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), tendo como principais atrações turísticas o Museu do Sertão; o Centro de Artesanato, Artes e Cultura; os barzinhos do centro histórico e da orla fluvial e o Mirante do Século 19.

Há outros atrativos turísticos mais afastados da cidade, como a Hidrelétrica de Xingó; os passeios de saveiro ou catamarã no Lago de Xingó até o riacho do Talhado – entre os municípios alagoanos de Olho D´Água do Casado e Delmiro Gouveia –, onde há uma parada para refrescantes banhos.

Há, ainda, a trilha ecológica do rio Capiá, em meio à Caatinga, e passeios pelo Velho Chico em direção à Gruta de Angicos (do lado sergipano, ali onde foram assassinados Lampião e Maria Bonita), assim como ao povoado de Entremontes, famoso por seu rico artesanato em redendê e ponto-de-cruz. 

O município tem uma população estimada de 24.891 habitantes (censo IBGE/2018). Em se tratando de hospedagem, Piranhas dispõe de várias pousadas e alguns hotéis no centro histórico. Na nova Piranhas, parte alta, há um bom hotel, Dunen, com 200 apartamentos, categoria quatro estrelas. O acesso ao município é feito pelas AL-225/ AL-220.

Notas

  • Levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), seccional de Alagoas, aponta que este ano, durante o Carnaval, a ocupação hoteleira em Maceió atingiu 90.72%, um acréscimo de 3,56% na comparação com o mesmo período em 2018, que foi de 87,60%. Ainda de acordo com a Abih-AL, voos extras vindos de vários destinos do Brasil ajudaram a alavancar o crescimento da ocupação hoteleira em Maceió, um dos destinos mais procurados no Carnaval.  De acordo com o secretário de Turismo de Maceió, Jair Galvão, o aumento da taxa de ocupação nos hotéis e pousadas é resultado de vários fatores como o aumento da malha para Maceió, os pacotes de viagens para Alagoas e o trabalho permanente da Prefeitura Municipal de Maceió, em parceria com o trade turístico, na divulgação do destino.
Maceió foi um dos destinos mais procurados do Brasil no Carnaval/ Foto/ Ivaldo Pinto
  • O Brasil sediará novamente a “Adventure Next América Latina”, em novembro deste ano. É um dos principais eventos de relacionamento e promoção do segmento no mundo, nesta categoria, e será realizado pela primeira vez no Rio de Janeiro. O acordo foi fechado no estande da Embratur durante a ITB, em Berlim, com a presença do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Teté Bezerra, do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel e dos diretores da Adventure Trade Travel Association (Atta), Gabriella Stowell e Gustavo Timo. Principal portão de entrada do turismo internacional no Brasil, o Rio de Janeiro recebe anualmente mais de dois milhões de turistas estrangeiros. O evento contribuirá para que os visitantes conheçam as atrações turísticas da Cidade Maravilhosa, sua paisagem urbana única, ligada às montanhas e o mar, bem como do Brasil como um todo, número um no mundo em recursos naturais,  de acordo com o Fórum Econômico Mundial.
Voo da Gol ligará Recife a Santiago, no Chile, em julho/ Foto/ Divulgação
  • A partir de 6 de julho entrará em operação um voo da Gol Linhas Aéreas na rota Recife-Santiago. O voo será semanal, aos sábados (ida e volta). Com isso, Recife será a primeira cidade do Nordeste a ter um voo sem escalas para a capital chilena. A decolagem do voo inaugural está prevista para às 20h50m no Recife, e a aterrissagem em Santiago às 2h20. O voo de retorno sai de Santiago às 14h35 e chega à capital pernambucana às 21h45. Para os voos ao Chile serão utilizadas aeronaves Boeing 737-800, com capacidade para 176 passageiros, e o tempo de viagem será de 6 horas e trinta minutos. Além desse novo voo para Santiago, a Gol Linhas Aéreas já conta com voos ligando o Recife a Buenos Aires, na Argentina, e a Montevidéu, no Uruguai.
Carnaval no Rio de Janeiro movimentou R$ 3,78 bilhões/ Divulgação
  • Levantamento da Riotur, órgão oficial de turismo do Rio de Janeiro, aponta que o Carnaval contabilizou R$ 3,78 bilhões de faturamento ocasionados pelos setores de comércio, de hotelaria e serviços durante os festejos de Momo. Durante os quatro dias, houve uma elevação de 26% no faturamento de hotéis e estabelecimentos em relação a 2018, quando as vendas somaram 3 bilhões.  O aumento de 8% no número de turistas na cidade, que pulou de 1,5 milhão, ano passado, para 1,62 milhão este ano, foi o responsável pela elevação da receita. Outro fator que também contribuiu foi o tempo médio de permanência, que este ano foi de 7 a 11 dias, enquanto que no ano passado ficou entre seis e oito dias. A taxa de ocupação nos hotéis também cresceu, subiu de 87% para 90% de um ano para outro, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.

Contato: ivaldopintodebarros@hotmail.com