Turismo em Pauta

Toledo, cidade medieval espanhola que encanta à primeira vista

Com ruas estreitas e enladeiradas, Toledo é um lugar agradável para passear, comprar artesanato,  joias –  feitas pelo método damasquinado – e souvenirs

25 de Junho de 2019, 08:41

Ivaldo Pinto é jornalista

O turista em visita a Madri não deve deixar de conhecer Toledo, uma das mais bonitas cidades da Espanha, distante apenas 72 km da capital.  Com mais de dois mil anos de história, a pequena e pitoresca Toledo, hoje com uma população de 83 mil habitantes, é protegida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, desde 1986.

Nessa cidade medieval espanhola, que encanta à primeira vista, há belos monumentos históricos nos estilos árabe, mudéjar, gótico e renascentista. Ao chegar a Toledo, os ônibus de turismo contornam a colina e param, para fotos, no Mirador do Valle, de onde se tem uma vista panorâmica e fantástica da cidade, do rio Tejo e das pontes.

Localizada em posição estratégica sobre uma colina e circundada pelo rio Tejo, Toledo foi outrora grande centro político e religioso, tendo sido a capital dos muçulmanos, dos visigodos e, por último, da Espanha, até o século  16, quando  o Rei Felipe II decidiu transferir a capital para Madri, o que contribuiu decisivamente para o declínio de Toledo.

Com ruas estreitas e enladeiradas, Toledo é um lugar agradável para passear, comprar artesanato,  joias –  feitas pelo método damasquinado – e souvenirs, bem como se divertir nos barzinhos e restaurantes localizados na Plaza Zocodover e nas ruas adjacentes. Além de turistas, é comum encontrar nas ruas grupos de estudantes que chegam em  excursões para conhecer a cidade.

As atrações turísticas de Toledo são o Palácio de Alcázar (Museu do Exército); Catedral de Toledo (a segunda maior da Espanha); Plaza Zocodover (point turístico); Pulseira Turística (para visitar sete atrações turísticas, como igrejas, monastérios, mesquita, sinagoga, Muralhas de Toledo e a Estação de Trem – a Catedral não está inclusa);  Puerta del Sol, Puente Alcántara; Mirador del Valle entre outras.

O acesso de turistas ao centro histórico de Toledo é feito por um conjunto de escadas rolantes duplas (sobe e desce). Os ônibus de turismo ficam estacionados na parte baixa da cidade. Sobem, porém, ônibus de linha, táxi e carros particulares. A cidade, que é resultado de três culturas: cristã, judaica e muçulmana, ainda conserva parte da muralha e portões de entrada e pontes que retratam um passado faustoso.

Notas

Maceió é contemplada com novos  voos na temporada turística de julho
  • Em julho, a malha aérea de Alagoas será reforçada com voos regulares diários  que serão disponibilizados pela Azul Viagens e a companhia aérea Azul. Os referidos voos serão diretos e ligarão Maceió a oito cidades brasileiras: Ribeirão Preto (SP), Campinas (SP), Uberlândia (MG), Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG) e Recife (PE). As novas operações têm a finalidade de suprir a carência gerada com o fim das operações da companhia aérea Avianca, e foram captadas pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur). Outra ação do governo alagoano, para fortalecer a malha aérea, é a nova negociação para diminuir os custos do combustível aviação, o QAV, com a redução de encargos.
  • A Secretaria Estadual de Turismo da Bahia vai executar obras de  infraestrutura náutica em Botelho, na Ilha da Maré (Itaparica); no Solar do Unhão (Salvador), e no Museu Recôncavo Wanderley Pinho, em Candeias, todas no âmbito do Prodetur Nacional Bahia. O financiamento é do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)   e  as intervenções integram o primeiro lote do projeto, com investimento estimado de R$ 18 milhões nessa fase. O aviso de licitação para as obras foi publicado no Diário Oficial da Bahia, no sábado (8). Ao mesmo tempo, transcorre outra licitação (lançada em maio) para a requalificação e ampliação da Marina da Penha, no bairro da Ribeira, com prazo até 19 de junho. No total, o Prodetur prevê a realização de uma série de treze intervenções de infraestrutura náutica em nove municípios em torno da Bahia de Todos os Santos.
    Nordeste tem novos voos para Cabo Verde/ Foto/ Divulgação
  • Desde essa segunda-feira (24), Salvador e Recife, assim como Fortaleza em 1º. de julho, estão ganhando a terceira frequência semanal para a Ilha do Sal, em Cabo Verde, segundo anunciou o vice-presidente comercial e de Marketing da Cabo Verde Airlines, Raul Andrade. O diferencial é que, assim como já ocorre na capital cearense, cujos voos são diretos, as três frequências para Salvador e Recife não serão mais compartilhadas. Ou seja: a Cabo Verde Airlines terá nove voos diretos e semanais para Ilha do Sal, principal polo turístico do arquipélago. A empresa aérea de Cabo Verde planeja voos mais longos e concentra esforços para manter os voos para o Nordeste brasileiro, Lisboa, Paris, Boston e Dakar (em codeshare com a Air Senegal), além de Roma e Milão, que começa agora em julho.
  • As potencialidades turísticas de Pernambuco foram divulgadas no Chile, numa ação promocional da Secretaria de Turismo e Lazer, durante a Fiexpo Latin America, que aconteceu entre os dias 10 e 12 de junho, em Santiago. Considerada uma das maiores plataformas da América Latina para promoção da América do Sul, a feira foi uma grande oportunidade para captar eventos a serem realizados no Centro de Convenções de Pernambuco; no Centro Cultural Cais do Sertão e na Arena de Pernambuco, constituindo-se ainda numa oportunidade para a promoção dos destinos, por meio de folheteria institucional. No referido evento, Pernambuco participou como coexpositor no estande da Embratur, e se reuniu com os principais compradores e representantes de associações profissionais internacionais que organizam congressos de caráter itinerante e periódicos.

Contato: ivaldopintodebarros@hotmail.com