Turismo em Pauta

Conhecer Paris é um sonho que muitos brasileiros acalentam

Cortada pelo rio Sena, Paris é conhecida por monumentos importantes como a Torre Eiffel, construída em 1889; é o principal ponto turístico da cidade-luz

08 de Agosto de 2019, 14:33

Ivaldo Pinto é jornalista

Paris, com seus monumentos, parques, avenidas, jardins, museus, teatros, casas de shows, restaurantes e bares é um dos lugares mais visitados do mundo. Em 2018, a cidade recebeu cerca de 35 milhões de turistas, um aumento de 36% em comparação a 2017.  Aliás, conhecer a chamada “Cidade Luz” é um sonho que muitos brasileiros acalentam.

Turismo à parte, Paris é a capital econômica e comercial da França, onde os negócios da Bolsa e das finanças se concentram. Aliado a isso, a cidade dispõe de uma boa malha ferroviária, rodoviária e aeroportuária, sendo um hub da rede aérea francesa e europeia.

A capital dos franceses, com uma população de 2,141 milhão (janeiro de 2019), sem contar com a Grande Paris, é importante para a história do mundo e se destaca ainda no mercado da moda e do luxo. Há muitas opções para compras no centro comercial. Pode ser na belíssima Galeries Lafayette Paris Haussmann, ponto de encontro de turistas; nos shoppings centers e nas várias lojas de departamentos do centro comercial.

Para aqueles que não querem gastar muito, uma boa opção é o bairro de Montmartre, onde há lojas que comercializam produtos diversos, artesanato e souvenirs. Há, também, pintores e artistas de rua que constituem atração turística, sem esquecer os restaurantes e bares que registram grande movimento de turistas e nativos.

Cortada pelo rio Sena, Paris é conhecida por monumentos importantes como a Torre Eiffel, construída em 1889, que tem 325 metros de altura e 1.665 degraus. É o principal ponto turístico de Paris. Vista de várias partes da cidade, a Torre Eiffel é o monumento pago mais visitado do mundo. Mas, para subir na torre, de onde se observa um belo panorama da cidade, é preciso de muita paciência: a fila é quilométrica.

Outra grande atração de peso de Paris é o Museu do Louvre. Inaugurado em 1793, é o maior museu de arte do mundo e monumento histórico de Paris. O Louvre recebe em média nove milhões de visitantes por ano. Destaque também para a Catedral de Notre-Dame – construção gótica do século 12 – parcialmente destruída no incêndio de abril passado, é, também, importante atração turística.  

Outro monumento importante é o Arco do Triunfo, símbolo do Império, construído a mando de Napoleão Bonaparte em 1806 e em cujas paredes estão gravados nomes de centenas de militares que lutaram junto com o imperador. O monumento abriga o túmulo do Soldado Desconhecido, desde 1920, em homenagem aos soldados mortos na Primeira Guerra Mundial.

Já a Basílica de Sacré Couer (Sagrado Coração), localizada na Colina de Montmartre, parte mais alta de Paris, é também um dos locais mais visitados da cidade. O templo católico, com sua arquitetura romana e bizantina, atrai fiéis de várias partes do mundo, e a entrada é gratuita.

É no bairro de Montmartre, reduto da boemia, que se encontra o Moulin Rouge, cabaré tradicional construído em 1889, que se destaca com o seu grande moinho vermelho na fachada do prédio.  O bairro em evidência, com suas ruazinhas arborizadas, concentra pintores de rua, cafés e outros cabarés.

Em Paris, um programa imperdível, ao cair da tarde, é passear de barco pelo rio Sena, com suas margens repleta de pessoas. No trajeto, a embarcação passa por baixo das pontes, quando os nativos fazem coro, uma espécie de saudação aos turistas. Mas, o bom mesmo é na volta do passeio quando se contempla a cidade feericamente iluminada, com destaque para a Torre Eiffel, com suas luzes e cores, um momento mágico.

O passeio pelo rio Sena é feito no Bateau-Mouche, tipo de embarcação com dois pavimentos, sendo o segundo, totalmente aberto, ideal para as pessoas que querem fotografar e fazer selfies. O ponto de partida das embarcações para fazer o passeio fica próximo da Torre Eiffel, onde há alguns restaurantes e bares e onde as pessoas bebem umas e outras antes de fazer o passeio.

O Palácio de Versalhes, um castelo real localizado em Versalhes, cidade distante 23,2 km de Paris, é um dos maiores museus do mundo. É fantástico, grandioso, monumental. Para ter uma ideia, o museu possui 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque.

A visita ao Palácio de Versalhes é paga, tanto para entrar no museu como para vaguear pelos seus imensos jardins, contemplando belas paisagens e monumentos bem cuidados. Para aqueles que não têm disposição para andar muito, há carrinhos de golfe para alugar.

Notas

  • Na manhã de quinta-feira, 1º. de agosto, prefeitos, secretários municipais de Turismo, representantes de entidades do setor e membros do trade turístico de Alagoas participaram do 50º. Fórum Estadual de Turismo (Foretur), com a finalidade de debater ideias, propostas e alinhar ações estratégicas para o setor. O evento, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), ocorreu na Sala Ponta Verde, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso no bairro de Jaraguá. Na ocasião, houve a validação do novo Mapa do Turismo de Alagoas, a cargo da Sedetur, junto com o Ministério do Turismo (MTur), e a apresentação da nova campanha promocional do Destino Alagoas, que inclui material promocional, novo site do Turismo Alagoas e campanhas, bem como ações realizadas pela Sedetur no primeiro semestre deste ano e outras que serão realizadas nos próximos meses em prol do turismo alagoano.
Betânia Barros e secretário Rafael Brito/ Foto/ Divulgação
  • No período de 10 e 13 de setembro, será realizado em São Paulo a 57ª. Equipotel, principal evento de hospitalidade do Brasil e da América Latina. Organizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, o evento terá lugar no São Paulo Expo, e reunirá algumas das mais relevantes e prestigiadas marcas do setor de hospitalidade, divididas em seis setores. Até agora 187 expositores estão confirmados. Desse total, 56 marcas estreantes no evento e 131 retornam após obterem êxito em 2018. As inscrições são gratuitas para profissionais do setor de hospitalidade. Aqueles que se cadastrarem poderão fazê-lo nos dias do evento, mediante pagamento de uma taxa de R$ 50. É obrigatória a apresentação de documento com foto e convite impresso.
  • Gramado, na Serra Gaúcha, se prepara para realizar a 34ª. edição do Natal Luz, tradicional evento que tem início no dia 12 de outubro e termina no dia 12 de janeiro de 2020. Constam da programação grandes shows, espetáculos musicais, desfiles, paradas, concertos, teatros e músicas em mais de 500 apresentações. Além da programação paga, há eventos gratuitos que contempla o público de menor poder aquisitivo. Entre eles estão a Parada de Natal, Vila de Natal, Tannenbaumfest, Árvore Cantante, shows da Rua Coberta e a Trupe de Natal. O destaque da programação gratuita é o tradicional Show de Acendimento, um espetáculo que acontece diariamente às 20h, em frente ao Palácio dos Festivais, no centro da cidade, que reúne milhares de pessoas a cada apresentação.
    Gramado em preparativos para realizar mais um Natal Luz com muitas atrações
  • Pesquisa da Associação Brasileira das Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) aponta que, durante o primeiro semestre deste ano, as viagens a negócio no Brasil cresceram 14,7%, se comparado com o mesmo período do ano passado. O aumento no índice gerou mais receita para o país, e os gastos dos turistas cresceram 14,8%, saindo de R$ 4,85, bilhões, nos seis primeiros meses de 2018, para R$ 5,57 bilhões neste ano. Entre os setores que mais apresentaram alta, de acordo com a pesquisa, estão o rodoviário, o de hotelaria e o de aviação, que cresceram 56,8%, 25,7% e 24,8%, respectivamente. Juntos, os três setores movimentaram mais de 3,3 bilhões na economia do país. Ainda segundo a Abracorp, as principais rotas responsáveis pelo crescimento do setor aéreo são localizadas nas pontes aéreas Rio/São Paulo e Brasília/São Paulo.

Contato: ivaldopintodebarros@hotmail.com