Promoções

'Quarta erudita' realiza penúltimo concerto do ano no Complexo Cultural Teatro Deodoro

Encerrando sua quinta edição, programa do Instituto Ero Dictus e Diteal acontece nesta quarta-feira (27), às 15h; em dezembro, a apresentação será ao ar livre na Praça Deodoro

27 de Novembro de 2019, 10:24

Da Redação

Nesta quarta-feira (27), acontece o penúltimo concerto didático da quinta edição do programa “Quartas eruditas”, realizado pelo Instituto de Cultura Ero Dictus em parceria com a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (a Diteal). As apresentações do “Quarta erudita” ocorrem sempre na derradeira quarta-feira do mês, às 15h, na sala de música do Complexo Cultural Teatro Deodoro à rua Barão de Maceió, 375, centro da capital. A entrada é franca.

Em dezembro, a Camerata Ero Dictus fará uma apresentação especial de Natal em frente ao teatro, na Praça Deodoro, com apoio do Tribunal de Justiça de Alagoas, localizado naquelas imediações. De acordo com o informativo da Diteal enviado à Redação, em 2019 o programa do Instituto Ero Dictus “teve um público de mais de duas mil pessoas, em sua maioria crianças da rede pública de ensino e grupos de idosos trazidos por instituições de Maceió”.

 

“Em cinco anos”, destaca o press-release, "mais de dez mil espectadores já assistiram aos concertos”. A consultora do instituto, pianista Oriêta Feijo, se diz “satisfeita” com o desempenho do projeto. “O ponto alto é a frequência que vem aumentando, evidenciando que as metas estão sendo alcançadas. Essa formação didática é altamente importante para nossas crianças, adolescentes, terceira idade e público em geral, pois os aproximam da música de qualidade, desperta talentos e forma plateia.”

O maestro Max Carvalho, direcionando os concertos “para uma didática pedagógica”, conversa com os estudantes sobre os instrumentos e sobre teoria musical e história da música. “Ser erudito", diz ele, "não é ter conhecimento do clássico, mas se dedicar ao estudo. É isso que queremos transmitir, todos os nossos músicos são muito dedicados.”

O repertório passeia pelos clássicos (Johannes Brahms, Franz Schubert, Johann Sebastian Bach) e pela música popular brasileira de Vinícius de Moraes e Chico Buarque e também do alagoano Hermeto Pascoal.