Especial

Em Maceió, 'Natal na Avenida da Paz' encerra programação underground

Projeto idealizado pela arquiteta Mirna Porto Maia, que começou em 6 de dezembro, finaliza edição 2019/ 2020 no domingo (5), com espetáculo musical e projeção mapeada no Museu Théo Brandão

02 de Janeiro de 2020, 10:57

Da Redação

Encerra-se no domingo (5), em Maceió, o projeto “Natal na Avenida da Paz”, que começou no dia 6 de dezembro de 2019, reunindo artistas visuais, grupos musicais e de folguedos, balé e cinema, além de um trio elétrico comandado pela cantora Wilma Araújo. A iniciativa, da arquiteta e designer Mirna Porto Maia, com patrocínio do Magazine Luíza, levou à orla underground da capital (aquela que fora marginalizada por um emissário submarino da Casal e relegada ao esquecimento pelas consecutivas administrações municipais, além de constantemente agredida pela indústria de petroquímica, leia-se Braskem) atrações natalinas e um conjunto de dez Árvores de Natal produzidas por artistas visuais locais.

No domingo, no Museu Théo Brandão (Avenida da Paz, 1.490, Centro), a partir das 18h30, será apresentado o espetáculo musical “Estrela de Belém”, com participação dos cantores Roberta Aureliano e Pedro Henrique, da Residência Artística da Escola Técnica de Artes da Ufal (a ETA) , da Orquestra Pequenos Músicos do Jaraguá e do Coral das Crianças do Lar São Francisco. A direção é de David Farias e o musical contará, ainda, com a presença do “Papai Noel”.

Às 20h, será a vez do estúdio de cinema e publicidade Núcleo Zero apresentar uma projeção mapeada nas paredes frontais do museu, juntamente com um recital da Camerata Ero Dictus. Às 20h40, o encerramento propriamente dito do “Natal na Avenida da Paz” (cuja primeira edição ocorreu na virada do ano de 2018 para 2019), com o show da banda Cazuadinha.