Especial

'Batucada literária' reedita eventos culturais que marcaram Bienal do Livro em 2019

Realizada por uma parceria entre Ufal e Fundação Municipal de Ação Cultural, evento começa nesta sexta-feira (17) no bairro histórico do Jaraguá, na região central de Maceió

17 de Janeiro de 2020, 09:41

Da Redação

Estimulada pelo sucesso dos eventos culturais e artísticos ocorridos nas ruas do bairro histórico do Jaraguá, em Maceió, durante a realização da Bienal Internacional do Livro de Alagoas em outubro de 2019, a Universidade Federal de Alagoas (a Ufal) aliou-se à Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) para a realização da “Batucada literária”. O evento ocorrerá nesta sexta-feira  (17) e sábado (18) no mesmo Jaraguá (região central da capital), com sua rua principal, a Sá e Albuquerque, fechada para o tráfego. Nesta sexta, a programação começa às 19h e no sábado, a partir das 10h. Estão marcados lançamentos de livros, rodas de conversa e uma atraente programação artística.

“A ‘Batucada literária’ visa promover a realização de ações de extensão que possuem o âmbito literário, artístico-cultural e acadêmico, no bairro do Jaraguá, além de oferecer à população o acesso democrático à produção literária, às expressões artísticas e ao fortalecimento do sentimento de alagoanidade”, destaca o site da Ufal.

Para a professora Elvira Barretto, coordenadora da Editora da Ufal (a Edufal), “esses eventos no Jaraguá são um marco na história de Alagoas”. “É um encontro de cultura, despertando para o potencial do Estado para atividades culturais em espaço aberto.”

A programação se estenderá pelos largos e ruas em torno da Associação Comercial, Museu da Imagem e do Som (o Misa) e pela praça Dois Leões, com apresentações do maracatu Baque Alagoano, do bloco Pinto da Madrugada e da cantora Wilma Araújo. No sábado (18), às 16h, também na programação da “Batucada literária”, a Fmac inaugura a edição 2020 do “Giro de Folguedos”, com participação de grupos de bumba-meu-boi, fandango, guerreiro e outras brincadeiras de música e dança populares.