Especial

Referência de estudos botânicos, Herbário MAC, do IMA, recebeu mais de 60 pesquisadores entre outubro de 2019 e janeiro de 2020

Estudantes e orientadores do Nordeste, Sul e Sudeste, e também de países como Inglaterra, Estados Unidos e Suíça, visitam o Instituto do Meio Ambiente

07 de Fevereiro de 2020, 10:42

Da Redação

Nessa quinta-feira (6), duas equipes de pesquisadores consultaram o acervo de plantas do Herbário MAC, do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (o IMA), tirando dúvidas sobre as diversas espécies cultivadas ali, além de realizaram estudos científicos específicos. De acordo com o IMA, mais de 60 pesquisadores de dez Estados do Brasil “e de outras localidades do mundo” visitaram o herbário entre outubro de 2019 e janeiro de 2020. “Dentre os lugares, estão os Estados do Nordeste, Sul e Sudeste, além de países como Colômbia, Inglaterra, Estados Unidos e Suíça”, destaca o informativo do instituto enviado à Redação.

Ana Paula Prata, professora e pesquisadora do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas (a Ufal), comemora a parceria da universidade com o IMA desde o ano de 2016, com projetos de pesquisa realizados com os estudantes. “A gente precisa de um local como o herbário, porque ele possui um material com alto nível de identificação. Aqui temos toda uma estrutura e conhecimento das plantas existentes não apenas em Alagoas como em outros estados”, explica Ana Paula, reconhecendo como “fundamental” essa parceria com o Instituto do Meio Ambiente para que realize seu trabalho como pesquisadora. Em colaboração de mão dupla, a pesquisadora também contribui com dados e conteúdos de estudos florísticos.

Estudantes da Ufal realizam trabalhos de pesquisa no Herbário MAC do IMA

O Herbário MAC detém um acervo de mais de 65 mil amostras, físicas e catalogadas, de plantas MAC. “É referência para estudantes e dirigentes de outros herbários”, propagandeia o IMA.

O biólogo Dimitri Barroso, e vice curador do herbário de Arapiraca, conduziu estudantes de Ciências Biológicas até o instituto “em busca de esclarecimentos sobre espécies de plantas do Semiárido e da Caatinga”. A estudante Francyane Praxedes diz que o herbário “tanto é uma forma de guardar memórias quanto de garantir a veracidade cientifica”.  

As visitas de estudantes ao herbário – às terças e quintas-feiras, das 9h às 11h – podem ser agendadas por telefone, ligado para (82) 3315 1737 ou (82) 98833 9415. 

Mais informações sobre a coleção de plantas do Herbário MAC podem ser acessadas aqui.