TV Boreal

Canal Brasil homenageia José Mojica Marins, o Zé do Caixão

Cineasta morto na quarta-feira (19), vítima de broncopneumonia, deixou um legado de filmes de horror; na terça-feira (25), à 0h45, emissora exibirá dois clássicos do diretor paulistano

21 de Fevereiro de 2020, 10:52

Da Redação

O cineasta paulistano José Mojica Marins, o Zé do Caixão, morto na quarta-feira (19) aos 83 anos, vítima de uma broncopneumonia (estava internado há 20 dias por causa de uma infecção que evoluiu para uma pneumonia), recebe homenagem do Canal Brasil, na terça-feira de Carnaval, dia 25. A emissora exibirá dois clássicos do diretor, “À Meia-Noite levarei sua Alma” (1964) e “Esta Noite encarnarei no teu Cadáver” (1967). Os dois filmes serão apresentados na madrugada de segunda para terça-feira, a partir de 0h45. “Ícone do cinema de terror, Mojica dedicou sua vida ao gênero e tornou-se referência no Brasil e no exterior nas décadas de 1960 e 1970”, destaca o informativo do Canal Brasil enviado à Redação.

Zé do Caixão dirigiui e protagonizou 'À Meia-Noite levarei sua Alma', clássico do horror nacional

Com mais de 40 filmes na bagagem como diretor, Mojica trabalhou, também, como ator em mais de 50 produções. Protagonizou “O Despertar da Besta” (1970), “Exorcismo Negro” (1974) e “Encarnação do Demônio” (2008), entre outros clássicos do horror nacional. Na televisão, apresentou, entre 2008 e 2014, as sete temporadas do programa “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”, também no Canal Brasil.

No Canal Brasil Play está disponível a sexta temporada da série, além de uma entrevista dele ao programa "No Divã do Dr. Kurtzman". As duas programações estão liberadas, também, para não assinantes. “No YouTube do Canal Brasil, os fãs do cineasta poderão conferir três episódios do talk show “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”, nos quais ele entrevista Alessandra Negrini, Alexandre Frota e Elza Soares. Para os assinantes da NET/Claro (NOW) e Vivo TV, estarão disponíveis no VoD, além de “À Meia-Noite Levarei Sua Alma”, “Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver”, os títulos “Estranho Mundo de Zé do Caixão” (1967), “O Despertar da Besta – O Ritual dos Sádicos” (1969), “A Estranha Hospedaria dos Prazeres” (1976), “Inferno Carnal” (1977) e “Delírios de um Anormal” (1978).