Especial

Hospital é multado pelo IMA por lixo tóxico não armazenado segundo a lei

Material perigoso foi encontrado por fiscais do Instituto do Meio Ambiente em áreas acessadas pela população; casa maternal em São Sebastião é responsabilidade da prefeitura

05 de Março de 2020, 10:07

Da Redação

SÃO SEBASTIÃO – O Instituto do Meio Ambiente do Estado (o IMA) esteve no município distante 126 km ao sul de Maceió, atendendo a denúncias da população no aplicativo IMA Denuncie. “Foi constatado o armazenamento indevido de resíduo perigoso na Casa Maternal Nossa Senhora da Penha, responsabilidade da prefeitura”, destaca o informativo do IMA enviado à Redação.

De acordo com a comunicação da instituição ambiental, “o lixo hospitalar pode apresentar resíduos de alta periculosidade e elevado nível tóxico”. “Apesar da presença de toneis no hospital, foram encontradas sacolas plásticas jogadas no chão, com todo o material perigoso. A exposição indevida não é somente uma infração ambiental, como também um risco à saúde.”

O informativo do IMA afirma que “a prefeitura de São Sebastião foi autuada e deve pagar multa de R$ 33.264,53”. “A gestão municipal também foi intimada a apresentar a destinação final dos resíduos sólidos dos últimos três meses.”