TV Boreal

Homossexuais de comunidades Brasil afora relatam a rotina de preconceito na série 'Favela gay – Periferias LGBTQI+'

Programa dirigido por Rodrigo Felha, estreia no Canal Brasil na quarta-feira (25), às 19h30

19 de Março de 2020, 10:39

Assessoria

No documentário “Favela Gay” lançado em 2014, Rodrigo Felha mostrou o cotidiano de homossexuais de favelas do Rio de Janeiro. Em “Favela gay – Periferias LGBTQI+”, que estreia no Canal Brasil na semana que vem, quarta-feira (25), às 19h30, o cineasta expande o roteiro e segue para outras cidades do país para entender como é a rotina da população LGBTQI+ fora dos grandes centros.

A atração – que será reprisada às segundas-feiras, às 12h30, e às terças, às 7h30 – visita várias comunidades e traz os mais diversos depoimentos de homossexuais habitantes desses locais, que fazem relatos reveladores sobre a soma dos preconceitos de classe social e orientação sexual. Todos mencionam ter sofrido perseguição em algum momento da vida; alguns cortaram relação com a família, outros se envolveram com prostituição e drogas e muitos precisaram esconder a homossexualidade por anos. Mesmo com todos os problemas, a série retrata momentos de descontração e leveza e mostra a necessidade de se reinventar a partir da arte e do encontro com o amor.

Os dez episódios de “Favela Gay – Periferias LGBTQI+” estarão disponíveis no Canal Brasil Play sempre após a exibição na TV e poderão ser assistidos também por não assinantes durante o primeiro mês. Classificação: 12 anos.