Especial

Secretário Marco Fireman faz balanço de investimentos e diz que o governo investirá R$ 460 na infraestrutura da região Norte

Secretário de Infraestrutura apresentou projetos de obras estruturantes aos prefeitos da região, nesta segunda-feira (7)

27 de Julho de 2018, 13:36

 
O governo de Alagoas declarou estar investindo “cerca de R$ 460 milhões” em saneamento, habitação e implantação e recuperação de rodovias no norte do Estado. O balanço foi feito nesta segunda-feira (7) pelo secretário de Estado da Infraestrutura Marco Fireman, que apresentou aos prefeitos da região as “obras estruturantes” que estão sendo desenvolvidas pelo Estado. Esta foi uma das primeiras atividades do programa “Governo perto de Você” em Porto Calvo, município distante 96 km de Maceió e que abriga sexta-feira (11) a sede do governo estadual.
 
“A região Norte é fundamental para o desenvolvimento do Estado e merece atenção especial do governo. Durante esta semana, estaremos conferindo o andamento de empreendimentos com o governador Teotonio Vilela Filho, ouvindo as demandas dos municípios e autorizando novas obras que vão contribuir para o desenvolvimento social e turístico da região”, afirmou Fireman.
 
Entre as obras em andamento na região estão a restauração da rodovia AL-430, que liga Flexeiras a São Luiz do Quitunde, e a Implantação da Alça da Flamenguinha (AL-105), que terá 28 km entre o município São Luiz do Quitunde e o bairro do Benedito Bentes, em Maceió.
 
O secretário destacou ainda obras concluídas, como a restauração de 24 quilômetros da rodovia AL-105, no trecho que vai de Matriz de Camaragibe a Porto Calvo, e as quase mil casas construídas em São Luís do Quitunde, Flexeiras, Joaquim Gomes, Jundiá e Jacuípe.
 
Rota ecológica
 
Outro investimento do governo estadual na região Norte é a implantação da Estrada Parque Rota Ecológica, que – segundo a comunicação da Secretaria de Estado da Infraestrutura (a Seinfra) – será construída no litoral Norte, que é polo turístico do Estado. “A estrada foi projetada para carros de passeio e veículos pequenos, atendendo à demanda do turismo local, com base na preservação do meio ambiente respeitando a rica ecologia da região”, informou a Seinfra, observando que a obra será “integrada ao ambiente ecológico”. 
 
“Ela terá iluminação adequada, ciclovia e outros equipamentos para fomentar o turismo na região Norte”, destacaram os assessores de Comunicação, detalhando o projeto. “A estrada terá início na foz do Rio Camaragibe, no distrito da Barra de Camaragibe, passando por sítios de coqueiros no município de São Miguel dos Milagres e indo até a foz do rio Manguaba, no município de Porto de Pedras. O trecho corresponde a 23 km de praias do litoral Norte entre os municípios de Passo do Camaragibe e Porto de Pedras.”
 
Além da Rota Ecológica, outras quatro obras rodoviárias estão previstas para a região – uma delas, a restauração da AL-101, no trecho que liga Maceió a Paripueira. Trechos das rodovias AL-430 e 435, que interligam São Luiz do Quitunde, Passo de Camaragibe e Barra de Camaragibe, também serão restaurados – e entre Cajueiro e União dos Palmares, serão implantados 36 km de rodovia. “O governo também vai implantar a rodovia AL-435, entre Passo do Camaragibe e Matriz do Camaragibe”, concluiu a comunicação da Seinfra.