Especial

Rodovia que liga Barro Duro a Cruz das Almas privilegiará o verde e será equipada de ciclovia

Pouco arborizada, Maceió tem apenas três árvores para cada habitante; prefeitura vai construir rodovia mais verde

27 de Julho de 2018, 13:36

Um novo empreendimento rodoviário na capital – a avenida Josefa de Mello – parece ir de encontro ao senso comum oficial de construir-se sem preocupação com o verde ou à revelia de regras básicas, como segurança e respeito ao  ser humano e, por extensão, à Natureza. Dados de 2006 demonstram que Maceió é pouco arborizada – apenas três árvores para cada habitante. Apesar de a região metropolitana abrigar mais de um milhão de habitantes, poucos projetos estruturais apresentam uma preocupação em criar áreas verdes. Praças e rodovias são construídas sem projetos ambientais, sem verde, sem ciclovias, sem segurança. Bem, mas nem tudo está perdido. A Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) deu início esta semana a um plantio de oito mil metros quadrados de grama esmeralda na avenida Josefa de Mello, que vai ligar o bairro de Barro Duro a Cruz das Almas. 

Palmeiras, pingo de ouro e ixórias são algumas das árvores ornamentais que estão sendo plantadas, ao lado dos ipês roxo, rosa e amarelo. Por Maceió ser pouco arborizada, ações que tornam a cidade mais verde são muito bem vindas. Além de purificar o ar, as árvores absorvem a radiação solar e liberam água, equilibrando o clima. 

Além do plantio de árvores, a avenida será beneficiada com ciclovia, pontos de ônibus, instalação de calçadas e sistema de drenagem. A Comunicação da Sempma informa que todo o trabalho será “acompanhado de perto”.