Lugares

Governador Teotônio Vilela confirma a inclusão do aeroporto de Maragogi em programa do governo federal

A esperada construção do Aeroporto Costa Dourada, segundo o governador, depende 'exclusivamente' do governo federal

27 de Julho de 2018, 13:36

MARAGOGI – O governador Teotonio Vilela Filho, dando seguimento ao programa “Governo perto de Você” – que desde a semana passada presta serviços na região norte do Estado –, em reunião nesta segunda-feira (14) com o prefeito Luís Henrique Peixoto e empresários do setor turístico, disse que o aeroporto em Maragogi (distante 145 km de Maceió) “vem potencializar mais ainda o que já existe em termos de realidade do turismo no litoral Norte”. Segundo o governador, o projeto de construção de um aeroporto internacional em Maragogi interessa tanto a Alagoas como a Pernambuco. “É um compromisso da presidente Dilma. A obra está na programação dos novos aeroportos do Brasil. Alagoas foi contemplada com os novos aeroportos de Maragogi e Arapiraca”, disse Vilela, afirmando que o início das obras do Aeroporto Costa Dourada, no povoado de Peroba, depende “exclusivamente” do governo federal.

O projeto do aeroporto de Maragogi foi inserido no Programa de Investimentos em Logística – Aeroportos, do governo federal, que prevê ações para o fortalecimento e ampliação da aviação regional em todo o país. Estão previstos R$ 2 bilhões e 100 milhões em investimentos para o Nordeste, dos quais R$ 125 milhões e 600 mil devem ser destinados a Alagoas, para atender aos aeroportos de Arapiraca e de Maragogi. O Banco do Brasil será o financiador da obra.

O aeroporto regional de Maragogi está orçado em R$ 70 milhões; o de Arapiraca será de porte menor do que da região da Costa dos Corais. A estimativa é de que a construção do terminal aéreo de cargas e passageiros possa impulsionar a economia da região – pois, além de passageiros do mundo inteiro em busca do turismo na região, atenderá também o fluxo de carga, interligando-se ao Porto de Suape, em Pernambuco.

Vilela mencionou a construção de outros empreendimentos que estimularão o turismo no Estado. “Alagoas vai ter o primeiro hotel seis estrelas do Brasil. Será o Hotel Magia, em Maceió – no final do ano estará pronto. Um grupo de empresários também quer criar um hotel seis estrelas em Passo do Camaragibe, além do Hotel Salinas, em Japaratinga, que ficará pronto em 2014”, relacionou.

O governador tratou também de assuntos como manutenção e construção de novas rodovias na região, enfatizando a construção da Rota Ecológica, que ligará Passo do Camaragibe a Porto de Pedras. Também se comprometeu de retomar as obras da AL-460, que liga Porto Calvo a Porto de Pedras, e de outra rodovia unindo os municípios de Japaratinga e Porto de Pedras. Tomara. 

Caminhão para agricultores

Ainda cumprindo a agenda de Maragogi, Vilela se encontrou com lideranças agrícolas, entregando um caminhão baú para o transporte das mercadorias produzidas nos assentamentos. Uma ordem de liberação de recursos para a construção das Casas da Fruta – orçada em R$ 100 mil – foi assinada pelo governador.