Especial

Creche modelo de Porto Calvo tem 150 dias para ser construída

Prefeitura municipal fez o serviço de terraplanagem na antiga rodoviária; obra tem prazo de 150 dias para ser concluída

27 de Julho de 2018, 13:36

PORTO CALVO – Uma nova creche, para 240 crianças até 5 anos de idade em tempo integral, será construída no município, com verba do governo federal. O investimento é de R$ 1 milhão 400 mil e tem prazo de 150 dias para a obra ser entregue à comunidade. De acordo com o promotor da comarca de Porto Calvo, Sérgio Simões, que intermediou as negociações da prefeitura com a Câmara de Vereadores, o município teria de devolver a verba, com juros, à União, caso não iniciasse já as obras de construção da creche. Com o serviço já cumprido de terraplanagem no local – o pátio da antiga rodoviária, onde tradicionalmente se realizavam shows musicais e as festas juninas (o que gerou reações negativas de parte da câmara) –, o secretário de Infraestrutura, Alexandre Scala, pôde enfim comemorar e até acenou para a possiblidade de a presidente Dilma Rousseff vir inaugurar a creche.

De acordo com Scala, as obras de construção devem começar nesta segunda-feira (18). Trata-se de uma creche piloto, do Programa Proinfância do governo federal. Em todo o Brasil serão construídas mil 400 creches desse modelo.

À prefeitura de Porto Calvo coube o serviço de terraplanagem e análise topográfica. “O município ficou de entregar o terreno em boas condições para o governo federal iniciar as obras já na semana que vem”, afirmou Scala à reportagem do Alagoas Boreal, na quarta-feira (13), informando que a empresa paraense MVC Plásticos venceu a licitação nacional para construir a creche, o que será realizado dentro do Regime Diferenciado de Contratação (RDC). A construção da creche está integrada ao Plano de Ações Articuladas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

“É a primeira creche piloto do Brasil e existe a possiblidade de a presidente Dilma Rousseff vir inaugurar a obra. São quase R$ 1 milhão e meio de investimento, do governo federal, para a construção dessa creche”, entusiasmou-se o secretário, avisando que a obra vai gerar mais de 60 empregos diretos.

A secretária de Educação, Maria Terezinha de Oliveira, demonstrou otimismo. “Será uma creche modelo no Brasil, com oito salas de aula e mais de 30 professores. Além disso, terá uma quadra poliesportiva coberta e um complexo educacional muito bonito.”

Para a secretária, será uma oportunidade para as mães de trabalharem mais tranquilas. “A mãe vai poder deixar o filho na creche com segurança. As crianças serão as maiores beneficiadas, pois se trata de uma creche completa, de modelo nacional, algo parecido com a creche que existe no bairro Mangazala”, explicou Maria Terezinha, acrescentando que o equipamento disporá de berçário, parque de diversão e alimentação adequada.