Especial

Do Pontal da Barra a Ipioca, IMA aponta 14 praias 'impróprias' ao banho contra seis áreas que não oferecem riscos à saúde

Relatório do IMA divulgado no final de semana orienta banhistas pra evitar locais que trazem riscos à saúde

27 de Julho de 2018, 13:36

O relatório de balneabilidade do Instituto do Meio Ambiente (IMA), divulgado na sexta-feira (22), referente à coleta realizada na segunda-feira (18) da semana passada, não é nada animador para os banhistas. O índice de coliformes termotolerantes (fecais), numa imensa faixa do litoral metropolitano (do Pontal da Barra à praia de Ipioca), de acordo com o relatório, tem valor superior a 2.500 por 100 ml, o que torna o banho nesses locais um risco para a saúde. Praias do Pontal, Avenida, Pajuçara, Ponta Verde e Cruz das Almas foram consideradas “impróprias” pelo IMA. Salvam-se, no Pontal, as praias em frente ao Detran e ao emissário da Braskem. Já em frente ao emissário da Casal e em toda a extensão da praia da Avenida, nem pensar. Pajuçara também é um perigo. Mais ao Norte, foram consideradas “próprias” para o banho a praia entre as avenidas Antônio de Barros e Empresário Carlos da Silva Nogueira, na Ponta Verde, e entre as ruas Padre Luiz Américo Galvão e Mauro Machado Costa, na Cruz das Almas.

Com a chuva alternada durante toda a semana passada, ainda neste domingo (24), com o céu parcialmente nublado, o sinal de alerta para a qualidade da água em todos esses locais continua piscando. Em Maragogi, segundo polo turístico do Estado, a luz está vermelha para quase todas as praias. O IMA dá sinal verde apenas às praias em frente à rua N.S. da Guia, no povoado de Barra Grande, e à praia de Antunes na Ponta de Mangue.

Entre os municípios de Japaratinga e Porto de Pedras, o panorama também não é nada animador.  Justamente na região do Santuário do Peixe Boi, no rio Tatuamunha, em Porto de Pedras, a água também foi comprometida pelos coliformes fecais. Salvam-se nessa região apenas as praias “em frente à rua principal” de Porto de Pedras e “em frente à avenida principal” de Japaratinga. 

No litoral Sul, não mergulhe na praia de Lagoa Azeda em frente à Escola Municipal Eustáquio Quintela e na praia de Atalaia, na Barra de São Miguel, “em frente à rua principal”.

O aviso está dado.