Especial

Pesquisador suíço visita Herbário MAC, do IMA, e orienta trabalho de conclusão de curso de estudante da Ufal

Alain Chautems ficou uma semana orientando o TCC de Maurício Carnaúba sobre a 'família Gesneriaceae'

27 de Julho de 2018, 13:36

No período de 18 a 25 deste mês, de segunda a segunda-feira, o Herbário MAC do Instituto do Meio Ambiente (IMA) recebeu duas importantes visitas que, de acordo com a Comunicação do IMA, vieram reforçar o trabalho de pesquisa e organização do acervo da flora de Alagoas. O pesquisador suíço Alain Chautems, do Conservatório e Jardim Botânico de Genebra, e o conservacionista Mauro Peixoto, de Mogi das Cruzes (SP), passaram todos esses dias realizando uma série de atividades científicas no herbário. 

As ações incluíram excursões ao campo, análise das exsicatas do acervo e uma palestra para técnicos e estudantes que desenvolvem pesquisas no Herbário MAC. “Um dos principais objetivos da visita do pesquisador Alain Chautems é a colaboração dentro do Projeto Flora de Alagoas, que visa conhecer e divulgar a riqueza de espécies nativas no Estado”, declarou o IMA em nota à imprensa, informando que este trabalho é financiado pelo IMA e pela Fundação de Apoio à Pesquisa em Alagoas (Fapeal).

O pesquisador suíço Alain Chautems no Herbário MAC, do IMA

Segundo o IMA, o pesquisador Alain Chautems orienta o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Maurício Carnaúba, graduando em Ciências Biológicas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O título do TCC é “A família Gesneriaceae no Estado de Alagoas”.

Chautems é um dos maiores conhecedores da família botânica Gesneriaceae, ocorrente nas matas brasileiras. “Há 30 anos ele se dedica ao conhecimento da riqueza de espécies, ecologia e distribuição geográfica desse grupo de plantas que possui flores vistosas, com coloração e formas diversificadas. Devido à beleza dessas plantas, o grupo é apreciado por colecionadores e possui um relevante valor ornamental”, explicou o formando da Ufal. Exemplos da família Gesneriaceae são a “violeta-africana” e a “gloxínia-verdadeira”.

A curadora do Herbário MAC, Rosângela Pereira de Lyra Lemos, afirmou que a visita de Alain Chautems “é muito importante” para os bolsistas que estão iniciando a formação. “Além disso, uma coleção científica dinâmica é aquela que recebe com frequência a visita de especialistas nas famílias botânicas. Através das identificações desses profissionais, os dados do acervo do Herbário MAC são atualizados”, acrescentou.

O IMA destaca que o pesquisador suíço conta com a colaboração, no Brasil, do cultivador de plantas Mauro Peixoto, que mantém em propriedade particular, na Grande São Paulo, diversos exemplares vivos de Gesneriaceae.