Lugares

Secretaria de Estado do Turismo começa a definir estratégia e ações para o Réveillon

Depois de acertar questões envolvendo segurança, esta semana será definida a programação artística com a prefeitura de Maceió

27 de Julho de 2018, 13:36

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) começa a traçar as estratégias de trabalho para o Réveillon em Maceió e em municípios turísticos como Barra de São Miguel (litoral Sul) e São Miguel dos Milagres (litoral Norte). Na semana passada, na quinta-feira (5), a secretária Danielle Novis se reuniu com representantes dos órgãos de segurança pública para definir algumas ações. O encontro, de acordo com a Comunicação do Estado, “é o primeiro de uma série que vai tratar das festas de final de ano envolvendo o Estado e a prefeitura de Maceió”.

“Passamos o ano trabalhando duro para atrair turistas para o Réveillon. Agora, precisamos oferecer um ótimo serviço aos visitantes e também ao alagoano que vai lotar as praias e balneários do Estado”, afirmou a secretária, responsável pela coordenação do encontro de quinta-feira.

O Réveillon ocorrerá em quatro pontos de Maceió. Haverá shows e queima de fogos na orla da Ponta Verde, no distrito litorâneo de Ipioca e nos bairros de Benedito Bentes e Jacintinho. Uma nova reunião será realizada esta semana, com órgãos ligados à Prefeitura de Maceió, para definir a programação artística e mudanças que serão feitas no trânsito. 

O comandante geral da Policia Militar, coronel Dimas Cavalcante, afirmou que “cerca de 600 policiais” trabalharão na orla de Maceió na virada de ano, “com guarnições motorizadas, a pé e montada a cavalo”. 

“Teremos uma estrutura semelhante a do ano passado, quando não houve nenhuma ocorrência”, declarou Cavalcante, avisando que “esse esquema” será reforçado pela Guarda Municipal de Maceió.

A Secretaria de Defesa Social (Seds) utilizará as 19 câmeras já instaladas na orla de Maceió, para monitoração do trecho entre o Posto 7, na Jatiúca, e o bairro de Jaraguá, na região central da cidade. “Todos os movimentos serão observados para dar segurança a quem for à festa”, informou o tenente coronel Marcos Sampaio, responsável pelo videomonitoramento do programa “Brasil mais Seguro”.

O Corpo de Bombeiro participará desse esquema de segurança, com 30 homens e seis viaturas de vários tipos, que, de acordo com o major Cauper, “ficarão de prontidão para qualquer emergência”.

Segundo a Agência Alagoas (o site de notícias do Estado), “o único incidente registrado no Réveillon deste ano foi o incêndio em uma barraca ocasionado pela queima de fogos”. Em razão desse incidente, o Corpo de Bombeiros se comprometeu a fiscalizar “ainda com mais rigor”. 

“Sempre fazemos uma rigorosa inspeção no dia anterior à festa. Por conta do incêndio na barraca, estamos ainda mais atentos”, afirmou o major.

Danielle Novis solicitou ao coronel Dimas reforço no policiamento na Barra de São Miguel e em São Miguel dos Milagres, onde, segundo a Setur, “serão realizadas grandes festas de Réveillon”. Daniele enfatizou “o fluxo intenso de alagoanos e turistas nessas localidades” nessa época do ano, afirmando que “é importante que um policiamento ostensivo se faça presente”.