Lugares

Trilha do Visgueiro: Maragogi não é somente sol e mar

A proposta foi feita pela Secretaria de Turismo de Estado; a rota pela Trilha do Visgueiro em Maragogi tem duração de duas horas

27 de Julho de 2018, 13:36

 
MARAGOGI – A Trilha do Visgueiro é uma nova proposta turística para o município, numa iniciativa da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), seção Alagoas, e o Arranjo Produtivo Local (APL) Costa dos Corais.
 
Localizada no assentamento Água Fria – área rural do município –, a trilha entra no roteiro do “turismo de aventura” proposto pela Setur.  Trata-se de uma rota em plena Mata Atlântica que dura em média duas horas. “É um pedaço de um paraíso pouco conhecido”, atesta a Comunicação da secretaria. O nome vem de uma árvore centenária gigante, com 100 metros de altura, que fica no final da trilha.
 
Trilha do Visgueiro em Maragogi é uma rota com duas horas de duração
 
“A Trilha do Visgueiro se tornou um dos 25 roteiros contemplados para a Copa de 2014, por meio do projeto Talentos do Brasil Rural, do Ministério do Turismo (Mtur)”, esclarece o informativo da Setur. “A escolha foi feita através do chamamento público. A inscrição foi realizada pela Cooperativa dos Pequenos Agricultores Organizados (Coopeagro), que enxergou no percurso uma forma de incluir os agricultores familiares no contexto econômico da região.”
 
De acordo com a educadora católica, irmã Miriam Zendron, que atua junto aos camponeses, a Coopeagro “avalia esse reconhecimento como atenção e inclusão dos agricultores familiares”.
 
Agua cristalina no interior da mata
 
“Eles terão seus jovens qualificados e com melhores condições de receber os turistas, pois o percurso estará sinalizado, melhor iluminado, garantindo a segurança de todos os visitantes.”
 
Segundo a Setur, o Sebrae-AL desenvolve “um trabalho minucioso com o objetivo de gerar outro olhar para o desenvolvimento econômico dos moradores da região”.
 
“Desta vez, por intermédio do turismo de aventura. Para sentir quais as necessidades do turista, técnicos percorreram a trilha e já identificaram os pontos que precisam de uma atenção maior”, explica o informativo do governo.

Thereza Dantas, interlocutora da Setur na região da Costa dos Corais, comemora. “Quem já mergulhou nas piscinas naturais de Maragogi, não imagina que o município possui tantas belezas além do sol e praia. Para muitos, a trilha é um roteiro novo, que precisa ser formatado e ser bem qualificado para atender as necessidades dos turistas, principalmente os estrangeiros.”