Especial

Movimentos sociais e governo discutem metas para o desenvolvimento habitacional

Reunião ocorreu nesta quarta-feira (18); secretário Marco Fireman se compromete a melhorar redes de saneamento

27 de Julho de 2018, 13:36

Integrantes dos movimentos sociais Via do Trabalho (MVT), Nacional de Luta Pela Moradia (MNLPM) e União de Moradia se reuniram com o secretário de Estado da Infraestrutura (Seinfra), Marco Fireman, nesta quarta-feira (18), em Maceió. O encontro serviu para as duas partes discutirem o desenvolvimento de novos projetos habitacionais no Estado. 

De acordo com o site da Seinfra, Fireman informou que “acionará” a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e a Secretaria de Educação de Maceió com o objetivo de melhorar redes de saneamento “e, no caso da prefeitura, fazer uma parceria para construir escolas em alguns conjuntos antigos da cidade”.

O secretário discutiu com os líderes questões, como as famílias que desocuparam um terreno na avenida Márcio Canuto, no bairro do Barro Duro. Segundo a Comunicação da Seinfra, Fireman se comprometeu a analisar o problema. “Nenhuma demanda habitacional ficou sem resposta do governo nos últimos sete anos em Alagoas. Não tenham dúvidas de que vamos estudar como atendê-los, seja com os conjuntos já em construção, seja com novos projetos habitacionais.”

De resto, líderes dos movimentos sociais e governo se posicionaram sobre um “combate” ao déficit habitacional em Alagoas, “que tem sido destaque nacional nos últimos anos, alcançando marcas históricas para o Estado”. 

“A última conquista foi divulgada em novembro: Alagoas teve a terceira maior redução do déficit habitacional do Nordeste em 2013, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)”, reportar o site do governo. 

“Mais do que construir 50 mil casas, estamos garantindo lares para 50 mil famílias. Estamos entregando moradias de qualidade, garantindo também melhoria na qualidade de vida destas famílias”, destaca o secretário Marco Fireman.