Lugares

Número de turistas cresce na alta temporada e pode chegar a 80% de ocupação na rede hoteleira

Belezas naturais, conforto e boa gastronomia atraem visitantes que movimentam negócios do setor na alta temporada do Verão

27 de Julho de 2018, 13:36

Até o fim de janeiro, Alagoas terá 80% de ocupação turística nos hotéis. A previsão publicada no site da Agência Alagoas reflete o crescimento do número de turistas na capital, durante a alta temporada do Verão. Segundo a reportagem, eles buscam o conforto dos hotéis maceioenses e o prazer proporcionado pelas belezas naturais que fazem a fama do Estado. De acordo com o informativo oficial, depois desse período, virá o que os agentes de turismo chamam de “boa temporada” – que tradicionalmente acolhe visitantes no período de Carnaval, apostando num conhecido sossego maceioense nos quatro dias de folia.

A Copa do Mundo no Brasil também favorecerá o turismo no Estado, classificado como “subsede” do torneio mundial de futebol. “A temporada está sendo muito boa. Por conta do alto valor das passagens aéreas, tivemos uma pequena queda em relação ao esperado. Mas a Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis (Abih-AL), em parceria com o governo, ainda conseguiu convencer as linhas aéreas a abaixarem um pouco as tarifas”, declarou o hoteleiro Mauro Vasconcelos à reportagem da Agência Alagoas. 
 
Segundo o site do governo, no ano passado Maceió levou o título de “Capital do Réveillon” devido às “megafestas” com artistas nacionais e locais, atraindo turistas de todo o Brasil, também de olho no município litorâneo de São Miguel dos Milagres, responsável por um dos maiores réveillons do Brasil. “Essas divulgações não somente aumentam nosso turismo local, mas também geram emprego e renda para o Estado”, afirmou o empresário.
 
Delícias naturais e gastronômicas
 
O casal de turistas Leonardo e Monique Simões, de Belo Horizonte (MG), veio a Maceió para uma semana de férias com os filhos. “Viemos uma vez em 1999. A orla da cidade é fantástica e estamos adorando a culinária local. Já fomos a Maragogi, à foz do rio São Francisco e ainda pretendemos ir à praia do Gunga. Nossos filhos também estão amando, não saem do mar um segundo”, declarou Leonardo Simões ao site do governo.
 
A secretária Danielle Novis diz que os agentes da Secretaria de Estado do Turismo não trabalham apenas na alta temporada. “Não temos período de baixa temporada. Nossa estratégia é focada no mercado, mantendo uma relação próxima às agências de turismo e agentes de viagem, imprensa especializada e público final. Participamos de eventos nacionais e estruturamos eventos aqui no Estado, trazendo agentes e jornalistas para conhecer de perto o que oferecemos, até conseguir nosso foco, que é o próprio turista.”
 
No ano passado, de acordo com Danielle, Alagoas participou de 80 eventos nacionais, trazendo para cá 800 agentes de viagem. “Além disso, estamos sempre nas revistas de bordo das maiores companhias aéreas do país”, observou a secretária.