Especial

Banda da Polícia Militar comemora os 15 anos do projeto 'Vem ver a Banda passar' na orla da Ponta Verde

Neste domingo (19), em audição especial a partir das 10h30, na orla da Ponta Verde, a Banda da Polícia Militar convida os artistas Eliezer Setton e Wilma Araújo

27 de Julho de 2018, 13:36

O projeto “Vem ver a Banda passar”, da Polícia Militar de Alagoas, comemora 15 anos neste domingo (19), a partir das 10h30, com o concerto da Banda da Polícia Militar, no trecho da avenida Sílvio Carlos Viana, na orla da Ponta Verde fechado nas manhãs e tardes de domingo para atividades de lazer. 

Especialmente neste domingo, a apresentação da Banda da PM contará com as participações do cantor e compositor Eliezer Setton e da cantora Wilma Araújo. Antes do encerramento, os músicos farão uma hora de frevo.

“A maior felicidade é poder tocar para um público tão seleto, e para os turistas, em frente àquela praia linda”, declarou ao site da Agência Alagoas o compositor e saxofonista Everaldo Borges, tenente e mestre de música da PM.

A agência de notícias do governo estadual informa que a banda, que é patrimônio histórico de Alagoas, foi fundada em 1851, tendo tocado para o imperador Dom Pedro 2o e Dona Teresa Cristina, quando o casal real veio a Alagoas no ano de 1859.

“Já passamos por diversos municípios do Estado, levando alegria a muita gente. Tocamos também fora e chegamos a ser campeões em um concurso de músicas no Ceará”, comemorou o tenente Marcionilo do Espírito Santo. 

O programa "Vem ver a Banda passar" leva os músicos da PM à orla da Ponta Verde todos os domingos no horário das 10h30 às 12h30. O repertório eclético vai do samba ao bolero. “O público maior é o da melhor idade. O bacana é que diversas pessoas frequentam o local desde o início do projeto e acabam fazendo amizades ao som de uma música de qualidade”, observou Marcionilo.

Everaldo Borges destaca a evolução do conjunto musical nesses 15 anos do projeto. “Antes, éramos uma banda precária. Hoje somos uma banda sinfônica com orquestra e um conjunto musical. Temos guitarra, teclado e voz, o que fez aumentar bastante nosso repertório. O espaço das apresentações também foi melhorado. Hoje temos um som profissional e local coberto para o público sentar.” 

Além dos shows dominicais na orla, o programa do governo leva os músicos da Banda da Polícia Militar para outros bairros e para o centro da capital. “Participei diversas vezes de show nas bases comunitárias no Benedito Bentes e Vergel do Lago, entre outros locais. A comunidade adora. É um dia de diversão para crianças e adultos”, relatou o tenente Marcionilo.