Especial

Praça do Centenário terá atividades de recreação e apresentações artísticas aos domingos

A partir deste domingo (2), o logradouro será fechado para o lazer; barracas de economia solidária também farão parte das atividades

27 de Julho de 2018, 13:36

A prefeitura de Maceió lança neste domingo (2) o projeto “Lazer na Praça”, fechando a praça do Centenário, no bairro do Farol – assim como ocorre na Ponta Verde – para atividades de recreação, como esportes, apresentações musicais e outras ações voltadas para o lazer da população. A iniciativa está sendo articulada pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel)

“Fizemos diversas reuniões com outras secretarias parceiras, além de empresários da iniciativa privada. Todas as ações feitas na praça do Centenário em 2013 foram um sucesso, como o Dia Mundial sem Carro e a etapa Farol do Circuito Popular de Corrida de Rua”, declarou no site da prefeitura o secretário de Esporte e Lazer Pedro Vilela.

De acordo com a Comunicação da Semel, 50 domingos já estão programados, com atividades no horário das 7h às 15h. O prefeito Rui Palmeira disse que a ideia é “devolver à comunidade o "verdadeiro sentido da praça”. “Ela deve ser um local de harmonia, de confraternização e principalmente de encontro e lazer das famílias”, declarou o gestor do município.

Já neste domingo, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) ficará responsável pelo fechamento do trânsito no sentido Farol-Centro. “O desvio para quem desce será feito pela rua Íris Alagoense, com saída pela praça Sergipe. No sentido contrário o trânsito estará sempre normal, sem mudanças”, explicou o secretário adjunto de Esportes, Antônio Oliveira.

Samba e bumba-meu-boi

A Fundação Municipal de Ação Cultural confirmou a participação do boi “Vingador”, grupo da Ponta da Terra, e da escola de samba Gaviões da Pajuçara. “Mudas de árvores serão distribuídas e palestras de conscientização ambiental serão feitas pelas equipes da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma)”, destaca o informativo da Semel, acrescentando que barracas de frutas, verduras e outros produtos coordenadas pela Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) serão espalhadas pela praça.

“Nosso pensamento está voltado para todas as praças da capital. Estamos visualizando o futuro e um momento especial e histórico para nossa cidade”, entusiasmou-se Pedro Vilela.

A simpática praça do Centenário, segundo a Semel, ganhou esta denominação na década de 1960, na administração do popular prefeito (de origem paraibana) Sandoval Cajú (1923-1974). O mapa de Alagoas construído em cimento, com artifícios de luz e gás sobre uma fonte luminosa, dava as boas vindas aos visitantes do bairro nobre do Farol. A praça Moleque Namorador, na Ponta Grossa, também é obra do saudoso prefeito.