Especial

Secretaria de Articulação Social do governo do Estado promove visita ao Canal Adutor do Sertão Alagoano

A visita à obra do governo federal reunirá 350 lideranças que se encontrarão em Arapiraca, nesta quinta-feira (30), de onde seguirão para Delmiro Gouveia

27 de Julho de 2018, 13:36

A Secretaria de Estado de Articulação Social (Seas) organizou caravana para uma visita, nesta quinta-feira (30), ao Canal Adutor do Sertão Alagoano, obra que integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e que, quando concluída, poderá conduzir 32m3/s (ou seja, 32 mil litros por segundo) para atender diversas demandas hídricas no alto sertão alagoano. Trata-se do maior investimento do governo federal no Estado. A caravana rumo ao Canal do Sertão, batizada de “Vamos ver de perto”, reunirá, de acordo com a Comunicação da Seas, 350 lideranças de organizações da sociedade civil alagoana. 

"As pessoas querem conhecer o canal. E acho que é dever do Estado mostrar essa obra tão importante para Alagoas. Uma obra que já está mudando a vida do sertanejo. Um sonho antigo que, graças aos recursos viabilizados pelo governo federal, por meio do PAC, e também aos recursos estaduais, hoje faz parte da nossa realidade", justificou o secretário de Estado da Articulação Social, Claudionor Araújo.

A Seas informa que a obra – atualmente com 65 km de extensão, já conduzindo água do rio São Francisco – deve chegar a 123 km até o final da gestão do governador Teotonio Vilela Filho. A previsão do governo federal é de que o canal seja concluído em 2015, com 250 quilômetros, beneficiando os municípios de Água Branca, Canapi, Delmiro Gouveia, Inhapi, Mata Grande, Olho d'Água do Casado, Pariconha e Piranhas. Os recursos do PAC totalizam mais de R$ 89 milhões.

A caravana 

Equipes de duas secretarias de Estado, Seas e Recursos Hídricos – esta responsável pela administração do canal –, percorreram na semana passada o trajeto que será feito, nesta quinta-feira, pela caravana “Vamos ver de perto”, o que inclui dois povoados com plantações irrigadas. "Essa obra é um passo importante rumo ao desenvolvimento de Alagoas, especialmente do Sertão, visto que beneficia milhares de pessoas da região com água para beber, plantar e para os animais. Ela muda a realidade do Sertão e Agreste castigados pela seca. É vital para o Estado", pontuou o secretário Claudionor Araújo. 

Segundo a Secretaria de Articulação Social, as lideranças sairão de Maceió e de mais oito municípios, encontrando-se em Arapiraca de manhãzinha, às 6h30. De lá, já formada, a caravana segue para Delmiro Gouveia, visitando a estação elevatória, que é o início da obra, e os povoados Luciano e Rolas, onde os convidados desse tour oficial conhecerão plantações de agricultura familiar irrigadas com água vinda do canal.