TV Boreal

Canal Brasil estreia maratona de filmes em homenagem ao produtor Oswaldo Massaini

Para o crítico Elinaldo Barros, trata-se de 'um dos nomes mais importantes do cinema nacional'; cinco longas-metragens serão exibidos a partir desta segunda-feira (30), às 16h

30 de Março de 2020, 11:34

Da Redação

Na sexta-feira (3), o Brasil comemora o centenário de uma das figuras mais emblemáticas do nosso cinema, o produtor Oswaldo Massaini, nascido na capital paulista em 3 de abril de 1920 e morto em 25 de maio de 1995. O Canal Brasil estreia nessa terça-feira (31) a maratona “Homenagem a Oswaldo Massaini, exibindo cinco longas-metragens com a assinatura do produtor. O primeiro filme da mostra, “Quem Roubou meu Samba?”, de 1958, será apresentado na tarde desta terça, a partir das 16h. A direção é do músico e cineasta recifense José Carlos Burle (1910-1983).

O produtor paulistano de cinema Oswaldo Massaini

Com um currículo de mais de 60 filmes, Massaini – essa legenda do filme brasileiro, com profícua atividade entre os anos 1950 e 1970 –, começou em 1950 com “Rua sem Sol”, longa-metragem dirigido por outro monstro sagrado do cinema tupiniquim, o cineasta carioca Alex Viany (1918-1992), e estrelado por um ícone do cinema e do teatro, a atriz sul-mato-grossense Glauce Rocha.

O crítico Elinaldo Barros, referência do jornalismo cultural em Maceió, afirmou ao Alagoas Boreal que “Oswaldo Massaini é um dos nomes mais importante do cinema brasileiro”. “Ele produziu [junto com o ator e roteirista Anselmo Duarte, que dirigiu o filme] ‘O Pagador de Promessas’, que é a única produção brasileira e sul-americana a receber a Palma de Ouro em Cannes.”