Especial

Alice Braga fala de suas atuações em filmes e de planos para a carreira

Em live do Canal Brasil na rede social do Instagram, atriz conversou com a repórter Simone Zuccolotto

17 de Abril de 2020, 17:20

Assessoria Canal Brasil

Simone Zuccolotto entrevistou nessa quinta-feira (16), Alice Braga em uma live no Instagram do Canal Brasil. Em um papo bem descontraído, a atriz falou sobre os filmes nacionais que marcaram sua carreira, comentou sobre as produções internacionais em que atuou e que ainda serão lançadas no cinema e revelou como está o dia a dia durante a quarentena ao lado da namorada Bianca Comparato. As duas estão confinadas em Nova Orleans, nos Estados Unidos, onde a série “A Rainha do Sul” estava sendo gravada e foi suspensa por tempo indeterminado.

Logo no início da entrevista, Simone parabeniza Alice pelo aniversário comemorado dia 15 de abril e, de surpresa, Gael García Bernal surge na live para desejar felicidades à amiga, que agradece em espanhol a presença do ator. Sobre o confinamento, a atriz revela que está se arriscando mais na cozinha, conta que faz bolos com frequência, está lendo roteiros e livros e assistindo a muitos filmes. A rotina fica mais leve ao lado de Bianca Comparato, que está fazendo companhia para a atriz. “A Bianca está aqui, graças a Deus”, comenta Alice. “Ela cozinha melhor do que eu. A gente troca muito sobre filme, sobre livro. Tenho uma dica: se você está com alguém em casa, olhe o outro, escute o outro, isso é muito importante porque um dia você vai estar pior, ela te ajuda e vice-versa.”

Alice Braga: sucesso na TV nos EUA com 'A Rainha do Sul'

Alice Braga faz uma retrospectiva de seus primeiros trabalhos no cinema ainda em solo brasileiro, como “Cidade de Deus” e “Cidade Baixa” e relembra “Eu Sou a Lenda”, produção que alavancou sua carreira internacional. Seu próximo projeto a ser lançado no Brasil é “Eduardo & Mônica”, longa baseado na canção homônima escrita por Renato Russo, e que chegaria aos cinemas dia 11 de junho, mas teve a estreia adiada possivelmente para outubro. “O filme é lindo, chorei horrores quando assisti ao lado do Gabriel Leone, que se tornou um amigo muito especial”, diz a atriz. “O filme é uma leitura da música que atravessou gerações. Pensei que esse papel não seria para mim porque a Mônica é bem mais jovem do que eu e o Eduardo mais novo do que o Gabriel, mas acabou dando tudo certo.”

Alice é um super sucesso nos Estados Unidos com a série “A Rainha do Sul”, que está em sua quarta temporada e já tem a quinta confirmada. A trama acompanha a jornada de Teresa Mendoza, forçada a fugir do México e a procurar refúgio nos Estados Unidos depois que seu namorado, um traficante, é assassinado. Em solo americano, ela se torna uma das criminosas mais poderosas do Ocidente e derrota seus inimigos um por um. “Eu nunca tinha feito televisão, nunca tinha pensando em viver o mesmo personagem durante tantos anos”, afirma, observando que, quando termina a temporada, “aquele personagem continua vivo em você”. “Não é como no cinema. Teresa me fez crescer como atriz.”

Em Cannes, com o diretor Fernando Meirelles e elenco do filme 'Ensaio sobre a Cegueira'

A atriz também integra o elenco de “Os Novos Mutantes”, que teve sua data de estreia adiada várias vezes. A produção, que mistura super-heróis com terror, mostra a trajetória de cinco jovens mutantes que ainda estão descobrindo seus poderes e são mantidos em um local contra a vontade deles. Eles lutam para escapar de seus erros do passado e de si mesmos. A brasileira interpreta a doutora Cecilia Reyes. “Sempe gostei muito de X-Men, minha mãe também. Adorei o convite porque o filme fala sobre auto aceitação, entender quem você é e seu lugar no mundo. Foi diferente de tudo o que eu já tinha feito. Estou angustiada, louca para estrear, mas tive a sorte de assistir com o elenco.”

E quando perguntada sobre uma dica de livro, ela não hesita em indicar “Ensaio Sobre a Cegueira”, do escritor português José Saramago, que virou filme protagonizado por ela nos cinemas. “Saramago sabe muito bem escrever sobre o ser humano. Tudo o que ele escreveu está acontecendo de certa forma, tanto o lado generoso das pessoas quanto o egoísmo e preconceito durante a epidemia. Ele tem uma percepção grande da sociedade e do ser humano.”

Engana-se quem pensa que Alice Braga parou por aí. Ela está, ainda, no elenco de “Esquadrão Suicida 2” e da série “We Are Who We Are”, da HBO.