Oportunidades

Estão abertas as inscrições para o Prêmio de Gestão Escolar 2020

Gestores e professores já podem fazer as inscrições, que seguem até 15 de agosto; o concurso que existe desde 1996 vem com uma novidade este ano: a inclusão dos professores na seleção

22 de Junho de 2020, 08:56

Da Redação

Estarão abertas até 15 de agosto as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2020. O público alvo são os gestores e professores de escolas da educação básica pública de qualquer etapa – educação infantil e ensinos fundamental e médio. "A novidade deste ano é que, agora, além dos diretores, os professores também serão premiados", destaca a agência de notícias do governo.

A iniciativa promovida pelo Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), em conjunto com a Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), tem o objetivo de, segundo a Agência Alagoas, "reconhecer experiências de gestão escolar significativas e inovadoras que conseguiram dar continuidade à aprendizagem dos estudantes durante o período da pandemia do coronavírus".

Prêmio Gestão Escolar destaca professores e gestores da rede pública

A superintendente da Rede Estadual de Ensino, professora Roseane Vasconcelos, diz que o prêmio "reconhece as práticas existentes nas escolas", afirmando que o concurso mostra à sociedade "o que a escola tem feito em prol da aprendizagem do aluno". "Isso é gratificante. As escolas conseguem encontrar soluções neste período, mesmo com as restrições provocadas pela pandemia.”

Para participar, a equipe escolar composta por um gestor, um coordenador e quatro professores deve preencher o cadastro no site da escola, enviando relato de experiência sobre as soluções encontradas para dar continuidade às atividades escolares durante o afastamento social. "Além desse relato, cada unidade deve cadastrar elementos que comprovem as ações, como vídeos e fotos para enriquecer a sua proposta", recomenda o noticiário oficial.

O processo de seleção das escolas inscritas será em três etapas, estadual, regional e nacional. "O prêmio contempla projetos eficientes e inovadores de gestão na Educação Básica da rede pública de todo o país", afirma a reportagem da Agência Alagoas, informando que o concurso vem acontecendo desde 1998. "Participaram do projeto cerca de 40 mil inscrições de escolas que já foram registradas e mais de oito milhões de estudantes beneficiados com os projetos implantados pelos diretores inscritos."