Cultura

'Aeroporto Central', documentário de Karim Aïnouz, estreia no Canal Brasil

Em estreia exclusiva, o filme do diretor de 'Madame Satã' e 'Praia do Futuro' será exibido nessa quarta-feira (24), a partir das 19h

23 de Junho de 2020, 08:11

Da Assessoria

Do premiado diretor Karim Aïnouz, “Aeroporto Central” estreia no Canal Brasil nessa quarta-feira (24), às 19h. O documentário estreou mundialmente na Mostra Panorama do 68º. Festival de Berlim, conquistando o prêmio da Anistia Internacional. Depois disso, foi exibido em mais de 30 festivais, foi lançado na Alemanha e exibido no Brasil na 42ª. Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e no 20º. Festival do Rio. A classificação etária é 12 anos.

O extinto Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, foi um importante local de chegadas e partidas. Entre 2015 e 2019, seus enormes hangares foram usados como um dos maiores abrigos de emergência da Alemanha para refugiados que buscavam asilo. Ao longo de um ano, entre 2015 e 2016, o diretor Karim Aïnouz acompanhou, para assinar esta coprodução entre o Canal Brasil e a Mar Filmes, o estudante sírio de 18 anos Ibrahim e o fisioterapeuta iraquiano Qutaiba. À medida que se ajustam ao cotidiano transitório de entrevistas com o serviço social, aulas de alemão e exames médicos, eles tentam lidar com a saudade e a ansiedade para saber se poderão residir no país ou se serão deportados.

Kairim Aïnouz (à esq.) no set de filmagem de 'A Vida invisível'

Diretor de filmes como "Madame Satã" (2002) e "Praia do Futuro" (2014), o cearense Karim Aïnouz lançou o longa-metragem "A Vida invisível" em 2019. No mesmo ano, a adaptação do romance ''A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", escrito por Martha Batalha, ganhou o prêmio Un Certain Regard no Festival de Cannes. E foi o escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga na categoria de Melhor Filme Internacional no Oscar 2020.