Especial

Governo indica 'consolidação de queda' dos números da covid-19 e reabre setores não essenciais

Diversas atividades econômicas, como lojas de rua com até 400 m², salões de beleza e barbearias, podem abrir suas portas já na sexta-feira (3)

01 de Julho de 2020, 09:54

Da Redação

O governo inicia nesta sexta-feira (3), o "retorno gradual" de atividades econômicas não essenciais, avançando para uma segunda fase do "Distanciamento Social Controlado" em Maceió. De acordo com a agência oficial de notícia, o novo decreto estabelece que a capital, saindo da chamada "Fase Vermelha" atual, segue agora para a "Fase Laranja". "A decisão foi baseada na avaliação dos dados das últimas cinco semanas epidemiológicas, coletados a partir da análise dos três eixos estratégicos que compõem a Matriz de Risco: utilização da capacidade hospitalar instalada, evolução epidemiológica e taxa de evolução da covid-19", reporta o site da Agência Alagoas no início da noite dessa terça-feira (30). "Os demais municípios do interior do estado seguem em isolamento social (Fase Vermelha)."

E dando início à transição da fase vermelha para a laranja, algumas atividades não essenciais que estavam fechadas serão reestabelecidas já a partir de sexta-feira (3). "Esse é um passo importante agora e precisaremos, mais uma vez, da colaboração de todos”, sugere o governador Renan Filho em entrevista coletiva que ocorreu on line nessa terça-feira.

A publicação do novo decreto autoriza a reabertura de lojas de ruas com até 400 m² (exceto shopping centers, galerias e centros comerciais). Os salões de beleza e barbearias (que já haviam sido liberados pelo infame Bolsonaro), com capacidade de atendimento reduzida em 50%, também poderão reabrir na sexta-feira (3). O mesmo vale para templos, igrejas e outras instituições religiosas com funcionamento reduzido em 30% de sua capacidade. 

'Redução da covid-19 demonstra que Maceió está controlando a pandemia', diz Renan

Renan Filho garantiu uma "consolidação de queda nas últimas cinco semanas" na capital. "Por isso", diz ele, "a possibilidade de avanço para a fase laranja de Distanciamento Social Controlado, enquanto o interior continuará em isolamento social, com prorrogação do decreto por mais 15 dias."  

O governando afirma que "há claramente uma evolução na capital". Segundo ele, "a queda consolidada dos números da covid-19" demonstra que Maceió está "controlando a pandemia". De acordo com o mandatário, o número de casos ativos foi reduzido. "Por isso o Estado tomou a decisão de fazer a capital avançar da fase vermelha para fase laranja."

Para o governador, entretanto, nos municípios do interior não se detecta essa redução "com tanta clareza". "Vamos continuar com a ampliação de leitos no interior do Estado, além de intensificar a fiscalização nos municípios, sobretudo em Arapiraca e nas cidades com maior números de habitantes.”