Turismo em Pauta

Barra de São Miguel, afamado balneário de Alagoas, é o lugar ideal para as férias

Em qualquer época do ano, o município do litoral Norte se destaca por sua natureza exuberante, pelos passeios de escuma e catamarã e por sua ótima rede hoteleira

28 de Setembro de 2020, 08:32

Ivaldo Pinto é jornalista 

Com a retomada do turismo em Alagoas, algumas cidades litorâneas vêm, aos poucos, ganhando movimentação. É o caso de Barra de São Miguel, que se destaca por suas praias de águas calmas e translúcidas, pontilhas de coqueiros, além de rios, ilhas e manguezais, um presente da natureza.  

Barra de São Miguel, afamado balneário de Alagoas, é o lugar ideal para férias em qualquer época do ano.  É uma cidade pequena, mas aconchegante e de povo hospitaleiro.  As praias frequentadas por nativos e turistas são Praia das Conchas, no Centro, onde há bons restaurantes e bares; Niquim, praia fluvial, ideal para mergulhos; Porto de Vaca, boa para prática da pesca esportiva e Praia do Meio, reduto de surfistas.  

Imperdível, os passeios de escuna, catamarã e lancha até a paradisíaca Praia do Gunga, no vizinho município de Roteiro. As embarcações partem do cais da cidade e seguem até a Praia do Gunga, que fica no encontro da Lagoa do Roteiro com o mar. Durante o trajeto, se vislumbra um bonito panorama da cidade e redondezas. Na encantadora Praia do Gunga há vários barzinhos com guarda-sóis e cadeiras à disposição dos turistas. 

Em se tratando de infraestrutura hoteleira, Barra de São Miguel é bem servida: dispõe de resorts, hotéis e pousadas que atendem a todos os gostos. O balneário conta também com bons restaurantes, barzinhos, pontos de venda de produtos artesanais e estabelecimentos comerciais que atendem satisfatoriamente aos veranistas e visitantes.  

Distante 33 km de Maceió, o famoso balneário alagoano tem uma população estimada de 8.378 pessoas (IBGE/ 2020), que é aumentada no período da alta temporada de verão e no Carnaval, quando a cidade é invadida por veranistas e turistas. Em tempos de pandemia do novo coronavírus, Barra de São Miguel tem recebido pessoas de Maceió e de outras cidades que se refugiam em suas casas, a fim de evitar o risco de contágio. O acesso ao balneário é feito pela AL 101 – Sul, duplicada. 

  • Positiva, a retomada das atividades turísticas em Pernambuco, que cresceram 18,9% em julho, com relação a junho deste ano, segundo levantamento do IBGE, anunciado recentemente. O bom resultado coloca o Estado como o primeiro do país com relação à retomada do turismo, bem acima da média nacional, que foi de 4,8%. Entre os principais destinos do Estado, que já sentem o impacto positivo da retomada do turismo, estão a capital, Recife, e todo litoral Norte e Sul puxado por Porto de Galinhas. Boas notícias vêm também do interior do Estado, com Gravatá e Bonito liderando a retomada e registrando hotéis cheios no feriadão passado, seguidos por Bezerros (Serra Negra) e o Vale do Catimbau. No Sertão, famosa pelas baixas temperaturas, Triunfo já sente a volta dos turistas. 
    Triunfo, conhecida por seu clima de montanha, começa a receber turistas
  • Aberto de segunda a sábado, nos dois horários, o Mercado de Artesanato de União dos Palmares funciona em um prédio da antiga Estação Ferroviária, no centro da cidade. Atração turística, o mercado comercializa uma gama de produtos artesanais, como artigos de cerâmica, madeira, toalhas de mesa bordada à mão, bolsas de filé, tapetes confeccionados manualmente com fios de algodão, blusas, bonecos, além de cachaça artesanal e outros produtos. O estabelecimento é administrado pela Associação dos Artesãos de União dos Palmares (Arte União). A cidade de União dos Palmares, no leste alagoano, dista 80 km de Maceió. 
    Mercado do Artesanato, uma das atrações turísticas de União dos Palmares
  • Um fato inusitado acontece no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, um dos mais modernos do Brasil, protagonizado pela espanhola Aena. A concessionária está fechando o acesso ao aeroporto em determinados horários, o que prejudica, sobremaneira, aos usuários e aos comerciantes lá estabelecidos. Por determinação da Aena, o terminal abre, diariamente, das 10h30, aproximadamente 3 horas antes do primeiro voo, e fecha às 18h. Depois, volta a abrir às 22h, para desembarque de passageiros dos voos da madrugada e permanece em funcionamento até as 6 horas da manhã. Um absurdo, diga-se de passagem, uma vez que os passageiros que chegam um pouco mais cedo para fazer o check-in têm que aguardar fora até a abertura do terminal.

De volta ao passado 

No início da tarde de 4 de janeiro de 2007, uma quinta-feira, no salão Aguatume do Palácio República dos Palmares, sede do governo do Estado, o baiano Virgínio Loureiro tomou posse como secretário de Turismo de Alagoas. Na foto, já empossado, Loureiro conversa com Flávio Ruy, seu antecessor, que o desejou êxito na sua nova missão. A solenidade foi prestigiada pelo então governador Teotônio Vilela Filho e representantes do trade turístico alagoano.

Contato: ivaldopintodebarros@hotmail.com