Especial

IMA autua Braskem por irregularidades ambientais

Indústria de petroquímica, responsável por graves danos em bairros de Maceió, tinha licença ambiental vencida e fazia uso irregular da destinação e transporte de resíduos sólidos e perigosos

29 de Setembro de 2020, 08:55

Da Redação

Nessa segunda-feira (28), a indústria de petroquímica Braskem foi autuada em Maceió durante a segunda edição de uma "fiscalização integrada" realizada pelo Instituto do Meio Ambiente. “A unidade industrial, situada no município de Marechal Deodoro, recebeu multa de aproximadamente R$ 200 mil”, informa o press-release do IMA enviado à Redação.

De acordo com a comunicação do Instituto do Meio Ambiente em Alagoas, a equipe de fiscalização “constatou o vencimento da licença ambiental, a irregularidade da destinação de resíduos sólidos e, também, a não manifestação de transportes que sejam próprios para resíduos perigosos”. Ou seja, tudo errado.

“De maneira imediata, foi realizado o auto de infração e proibida a destinação dos resíduos sólidos na unidade que a empresa possui”, explica a comunicação do IMA, informando que “uma intimação foi feita para que se destinem esses resíduos a locais ambientalmente licenciados”.

O IMA avisa que as ações da "fiscalização integrada" acontecem em diversas regiões de Alagoas. O objetivo, segundo a instituição, é “combater irregularidades, bem como instruir pequenos empreendimentos a buscarem regularização”.