Cultura

Alê Santos lança podcast antirracista no 'Dia da Consciência Negra'

Finalista do prêmio Jabuti, autor é o roteirista de 'Ficções selvagens', que fala da desigualdade social e de gênero, de fake news e vacinação da população; nessa sexta-feira (20), no aplicativo Orelo

19 de Novembro de 2020, 17:27

Da Redação

O autor e roteirista Alê Santos, finalista do prêmio Jabuti, lança nessa sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, o podcast “Ficções selvagens”. A produção é uma parceria com o aplicativo de conteúdo em áudio Orelo. Alê Santos é um dos nomes mais fortes e importantes na luta racial no Brasil hoje

De acordo com o informativo enviado à Redação, “Ficções selvagens” é uma ficção científica pautada nos problemas sociais do país, “combinada à realidade fantástica, típica das obras de ficção”. “O foco estará em discussões muito atuais, como por exemplo a desigualdade de gênero, temáticas raciais, desigualdade social, fake news e vacinação da população”, destaca o press-release do Orelo.

Alê Santos diz que a ideia com o projeto “é aproximar a ficção tradicional dos questionamentos sociais, para abrir debate e reflexões sobre eles, utilizando a ótica da ficção”. “O que queremos é misturar essa realidade fantástica com temas do cotidiano brasileiro.” Vale lembrar que.

O projeto conta com outros craques do áudio e do audiovisual, como o diretor Ian SBF, que é co-fundador e sócio da produtora Porta dos Fundos, a produtora MiraFilmes e o designer Jefferson Costa. “Mais do que abordar problemas, nós queremos trazer à tona o imaginário negro como pontapé inicial para as discussões que vão surgir por meio de alegorias sobre os jovens da periferia, histórias de terror, tecnologia, mesclados ao realismo mágico”, explica Alê Santos.

O podcast terá seis histórias que se completam, com episódios semanais sempre as sextas-feiras. O novo aplicativo de podcasts Orelo pode ser baixado na Apple Store e Google Play.