Especial

Governo anuncia retorno às aulas presenciais em janeiro de 2021

Nas próximas semanas será publicado decreto determinando número de alunos permitido nas redes pública e privada; Renan Filho diz que não dá mais para levar adiante a 'educação paralisada'

21 de Dezembro de 2020, 15:33

Warner Filho/ Agência Alagoas

As aulas presenciais em Alagoas devem ser retomadas a partir do dia 21 de janeiro de 2021. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (21) pelo governador Renan Filho, durante coletiva de imprensa realizada no Museu Palácio Floriano Peixoto. Na rede pública estadual, o retorno deve acontecer a partir de 1º. de março, conforme calendário já definido e divulgado anteriormente. A pré-matrícula de novatos e a renovação dos alunos que já estudam na rede acontecem já em janeiro.

De acordo com o governador, o decreto que tratará do retorno às aulas – a ser publicado nos próximos dias – deve permitir a presença de pelo menos 50% dos alunos em sala de aula na rede privada e 30% da capacidade das salas na rede pública. Já as redes municipais dependem do posicionamento dos prefeitos para retornarem ou não.

“Não dá mais para levarmos adiante a educação paralisada. Eu estou finalizando esse decreto, que está sendo muito pensado internamente, pela Educação e pela Saúde, olhando outras experiências nacionais”, afirmou Renan Filho.

O secretário de Estado da Educação, Fábio Guedes, reforçou que as escolas da rede estadual estarão adequadas aos protocolos sanitários e de saúde. O mesmo terá de acontecer nas escolas particulares e nas redes municipais. Guedes destaca que o calendário escolar foi planejado para garantir o ensino de alto rendimento na modalidade híbrida, que mescla aulas presenciais às remotas. “Estamos trabalhando de maneira planejada para garantir o retorno. Já publicamos portarias com um amplo protocolo para o adequado funcionamento das escolas, para o Continuum curricular 2020-2021 [que reorganiza o calendário da rede estadual] e para o calendário de matrículas. Além desses documentos, em breve publicaremos uma nova portaria definindo o repasse de recursos a todas as escolas públicas estaduais para preparação e adequação do ambiente estudantil aos protocolos sanitários.”

Para mais informações, acesse aqui.