Especial

Secult retificará resultado preliminar dos prêmios da Lei Aldir Blanc

De acordo com a instituição, problemas de funcionamento do sistema Cuca interferiram na habilitação de projetos

23 de Dezembro de 2020, 11:20

Da Redação

A Secretaria de Estado da Cultura (a Secult) informa que os prêmios artísticos Zailton Sarmento, Vera Arruda, Eric Valdo, Professor Elinaldo Barros e o prêmio de produção cultural Dinho Oliveira terão “resultado preliminar retificado”. Segundo o informativo enviado à Redação, a retificação decorre de “erros ocasionados por falha no sistema do Cadastro Único da Cultura de Alagoas [o Cuca]”.

De acordo com a instituição, “a plataforma de inscrição online apresentou problemas que interferiram na habilitação das propostas e consequentemente no resultado preliminar dos referidos certames”. “O novo resultado preliminar também irá divulgar a relação corrigida com os recortes de cotas e território”, explica o press-release da Secult.

A organização dos editais da Lei Aldir Blanc em Alagoas informa, ainda, que, finalizando os processos dos demais concursos de emergência cultural, sobras do orçamento total dos 17 editais (R$ 31 milhões e 107 mil) serão remanejadas para os prêmios Zailton Sarmento, Dinho Oliveira e Vera Arruda. Esses editais, segundo a Secult, apresentaram maior demanda.

A entrega do formulário padrão para apresentação de recurso em relação ao resultado preliminar divulgado no sábado (19) teve prazo prorrogado para o dia de Natal, sexta-feira (25). Em razão do aumento do número de casos de covid-19, o atendimento presencial foi cancelado. Os formulários deverão ser enviados para e-mail recursosecult@gmail.com. O resultado final sai na semana que vem, segunda-feira (28).