Especial

Prefeitura de Maceió adia realização do Carnaval 2021

Nos dias 15 e 16 de fevereiro (segunda e terça-feira) será ponto facultativo, o que beneficiará o turismo; a festa de Momo ocorrerá em setembro, com blocos na rua e desfile de escolas de samba

04 de Fevereiro de 2021, 09:17

Da Redação

A prefeitura de Maceió comunicou nessa quarta-feira (3) a decisão de adiar a festa de Carnaval, além das prévias, este ano. Manteve o ponto facultativo para os dias 15 e 16 de fevereiro (segunda e terça-feira) de olho no movimento de turistas na cidade. “O adiamento tem como objetivo evitar uma explosão de contaminação pelo coronavírus provocada pela aglomeração de pessoas nas festas de Momo, e com isso, preservar vidas e garantir a segurança sanitária de moradores e turistas”, reporta o site oficial do município. 

De acordo com a reportagem publicada nessa terça-feira, a decisão foi aprovada pelo prefeito JHC, em acordo com o Gabinete de Gestão Integrada para o Enfrentamento à Covid-19, a Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), a Secretaria Municipal de Turismo e a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social. “A nova data para o evento deve ser entre 4 e 7 de setembro, quando a pandemia poderá estar controlada e a imunização da população bem mais avançada”, afirma o noticiário da prefeitura. “O dia 7 de setembro já é feriado nacional, com isso a segunda-feira seria ‘imprensada’.” 

Mírian Monte, da Fmac: 'Importante imunizar a população'

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada, Claydson Moura, disse esperar “que toda a imunização continue crescendo”. “Vamos avançar nas faixas de mais idade, reduzir a hospitalização e os óbitos e aumentar capacidade de atendimento. Escolhemos setembro porque imagina-se um cenário melhor, pelo que a ciência está avançando. Queremos garantir que a cultura do Carnaval não morra.” 

Segundo a reportagem, em setembro “deverá haver a apresentação das tradicionais escolas de samba na orla de Pajuçara, blocos de rua nos bairros além do desfile do tradicional Pinto da Madrugada”. “A organização já se mostrou disposta a colocar o bloco na orla no dia 4 de setembro.” 

A presidente da Fmac afirmou que este ano serão “dois carnavais”. “Um para descanso, a partir da decretação do ponto facultativo, o que vai estimular o setor turístico, e o segundo é o Carnaval em si, que pode ser realizado em setembro, com um período para ser bem planejado, obedecendo todos os protocolos de segurança contra a covid-19, mas também canalizando os recursos financeiros do município para o que é importante agora, imunizar a população.”