Escola Técnica de Artes da Ufal realiza seminário de 'Produção cultural de Moda'

Evento que acontece na sexta-feira (23), a partir das 9h, convidou o professor Bruno Furtado, especialista em moda, artes e contemporaneidades; incrições estão abertas gratuitamente

21 de Julho de 2021, 11:25

Da Redação

A Escola Técnica de Artes da Ufal (a ETA) realiza na sexta-feira (23) o seminário “Produção cultural de Moda”, a partir das 9h, no Google Meet. O professor Bruno Furtado, do Instituto Federal do Paraná, fará uma palestra sobre o tema “Produção cultural na Imagem de Moda”. Interessados devem fazer inscrição aqui

Mestre em Ciências pelo Programa de Têxtil e Moda da Universidade de São Paulo (a USP), o professor Bruno Furtado é especialista em Moda, Artes e Contemporaneidade pela Universidade Salvador (BA) e bacharel em Moda pela Universidade da Amazônia. Licenciando pleno em Educação Artística pela Universidade Federal do Pará, atualmente ensina Moda no Instituto Federal do Paraná.

Bruno Furtado falará sobre 'produção cultural de moda'

De acordo com a comunicação da Ufal, o seminário "Produção cultural de Moda" busca “fomentar a discussão de produção cultural" junto a profissionais que atuam, a partir de tendências diversas, em diferentes campos da moda. “O reconhecimento das diferentes áreas de atuação por estudantes do nosso curso técnico em Produção de Moda é de fundamental importância para que se possa compreender a abrangência do mercado local e nacional por meio das atividades de profissionais da área”, afirma o coordenador do evento, o professor Humberto Lopes. 

De acordo com a ETA, a área de produção cultural requer profissionais que produzam, organizem e coordenem eventos nos campos artísticos e culturais. “Tais eventos englobam o planejamento e execução de produtos e projetos que objetivam a arte e a cultura em sua diversidade”, destaca o informativo da Ufal enviado à Redação.

Humberto Lopes ensina que “o produtor de moda orquestra uma equipe que objetiva a formação de diversos produtos”. “Vitrine, consultoria pessoal, produção de desfiles e ensaio fotográfico”, relaciona o professor.