Novo decreto estabelece fim de limite de horário dos restaurantes e aumenta público no estádio Rei Pelé

Na quinta-feira (21), governo estabeleceu limite de clientes de até 75% da capacidade dos bares e restaurantes; para ter acesso aos jogos, é preciso estar completamente imunizado

25 de Outubro de 2021, 09:54

Da Redação

Na quinta-feira (21), o governador Renan Filho fez o anúncio do novo decreto que dispõe sobre a classificação do estado no Plano de Distanciamento Social Controlado contra a covid-19. As novas medidas também foram publicadas no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (22). “As principais novidades são o fim do limite de horário de funcionamento de bares e restaurantes, e o aumento da capacidade de torcedores no estádio Rei Pelé em jogos do Campeonato Brasileiro da Série B”, informou a agência de notícias do governo, lembrando que dois clubes alagoanos, CSA e CRB, disputam a competição. Confira aqui o texto integral do decreto.

As mudanças no protocolo do Distanciamento Social Controlado já começaram a ser implementadas desde o sábado (23). “Atualmente, Alagoas está na Fase Azul do distanciamento social”, reporta a Agência Alagoas. “O último decreto previa que bares e restaurantes só podiam funcionar com 75% da capacidade de público, de 5h à 0h durante a semana e de 5h até as 2h nos fins de semana. Com o novo texto, de acordo com o Art. 5º., bares, restaurantes e estabelecimentos congêneres estão autorizados a funcionar em seu horário regular, não havendo mais restrição de horário.”

Limite de presença de público no estádio Rei Pelé é de até 50%; todos têm de estar vacinados

A reportagem informa, ainda, que o limite de presença de público nos jogos oficiais do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série B é de até 50% da capacidade do estádio, “Se o estádio for dividido em setores, a presença de público de cada setor deve obedecer ao limite de 50%”, afirma o noticiário oficial. “No decreto anterior, havia limite de presença de torcedores em até 30% da capacidade do estádio de futebol.” 

A venda de ingressos para os jogos continua acontecendo exclusivamente por meio eletrônico, estando autorizada a venda de bebidas não alcoólicas e de alimentos no estádio, com público permanecendo com distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas. Também são indicados os locais que não podem ser utilizados.

O governo destaca, ainda, a necessidade de manter o distanciamento social, o uso de máscara e a utilização de álcool 70%. “Também como no decreto anterior, os eventos continuam com limitação de 50% da capacidade do local no mês de outubro, 80% da capacidade do local no mês de novembro e 100% da capacidade do local no mês de dezembro, de acordo com o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.”

E mais: somente será permitido o acesso aos estádios de pessoas que tenham recebido a primeira dose e a segunda dose ou a dose única do imunizante contra a covid-19.